Ciência

Pesquisa: milhões de millennials dos EUA voltaram à casa dos pais em 2022

O aumento dos aluguéis está entre as principais razões pelo retorno dos que possuem idades na faixa dos 26 e 41 anos

De volta ao lar: um em cada quatro millennials vive com os pais atualmente (Highwaystarz-Photography/Thinkstock/Getty Images)

De volta ao lar: um em cada quatro millennials vive com os pais atualmente (Highwaystarz-Photography/Thinkstock/Getty Images)

O aumento dos aluguéis forçou milhões de jovens americanos a voltarem a morar com seus pais este ano, de acordo com uma nova pesquisa.

Cerca de um em cada quatro millennials vive com os pais, de acordo com a pesquisa da Pollfish com 1.200 pessoas para o site PropertyManagement.

Isso equivale a cerca de 18 milhões de pessoas entre 26 e 41 anos. Mais da metade disse que voltou a morar com a família no ano passado.

Neste último grupo, o aumento dos preços dos aluguéis foi o principal motivo da mudança. Cerca de 15% dos locatários millennials dizem que estão gastando mais da metade de sua renda, após o desconto de impostos, com aluguel.

As paralisações da pandemia, que provocaram grandes perdas de empregos, bem como um aumento nos custos de moradia, levaram a uma mudança sem precedentes nas condições de vida.

Em setembro de 2020, uma pesquisa do Pew descobriu que, pela primeira vez desde a Grande Depressão, a maioria dos americanos com idade entre 18 e 29 anos vivia com os pais.

VEJA TAMBÉM:

Acompanhe tudo sobre:aluguel-de-imoveisJovensPesquisa

Mais de Ciência

Cobertura vacinal contra gripe atinge apenas 21% no Brasil; municípios intensificam campanhas

Nova espécie de dinossauro que viveu na Bahia é identificada

Qual o melhor horário para se exercitar? Estudo responde

Você está envelhecendo bem? Estes exercícios mostram se você está em forma para sua idade

Mais na Exame