Brasil é o 110º local que mais faz testes de coronavírus por habitante

As informações são do site World o Meters, que compila como a pandemia do novo coronavírus tem se espalhado por países e territórios

Desde que o coronavírus começou a se espalhar pelo mundo, a OMS (Organização Mundial da Saúde) tem recomendado fazer testes em massa para combater a doença. Tendo alcançado recorde de mortos nesta terça-feira (12), o Brasil ainda não está seguindo essa indicação à risca. Segundo o site World o Meters, que compila dados mundiais, o Brasil ocupa a 110ª posição entres países e territórios que mais fizeram análises clínicas a cada 1 milhão de habitantes.

O problema é ser um país de dimensões continentais, com 209 milhões de moradores, segundo dados do IBGE. Tendo feito 735 mil testes ao todo, o país acaba realizando somente 3.400 exames a cada 1 milhão da habitantes.

Em números absolutos, o Brasil é o 13º no ranking mundial, com 735 mil testes feitos.

Esse valor é um pouco maior do que vem sido divulgado pelo Ministério da Saúde. Segundo reportagem da agência de notícias Reuters, desta terça-feira (12), 482 mil exames para detectar o coronavírus haviam sido feitos no país e outros 145 mil aguardavam resultado. No entanto, nos números divulgados pelo governo, não entram os testes particulares, por exemplo, os bancados por alguma empresa para avaliar seus funcionários. 

Conforme a OMS, fazer testes em massa serve para saber onde a doença e, consequentemente, criar políticas públicas para impedir seu avanço, como isolar quem teve contato com pessoas doentes e preparar a rede de hospitais para os pacientes que vão precisar de ajuda.

E como estão os outros países? Com 1,4 milhão de casos confirmados e com quase 2 mil mortes nas últimas 24 horas, os EUA são o mais afetado pela pandemia da covid-19 e não está economizando para descobrir o avanço da doença. 

Por lá, foram quase 10 milhões de testes de coronavírus realizados. Nenhum outro país do mundo registrou tantos exames. O segundo colocado no ranking, a Rússia, onde o coronavírus também está se espalhando rapidamente, realizou quase 6 milhões. Já a Alemanha, a terceira na lista e considerada exemplo de combate ao vírus, fez 2,7 milhões de testes, quase 1/4 dos aferidos pelos americanos. 

E na medição por 1 milhão de habitantes, os EUA realizam cerca de 30 mil exames para essa parcela da população, a Rússia chega a quase 41 mil e a Alemanha, a 32 mil. Já os Emirados Árabes Unidos fizeram 151 mil testes por milhão de habitantes. 

Os países que mais fizeram testes de coronavírus no total:

1) Estados Unidos – 9.968.742
2) Rússia - 5.982.558
3) Alemanha – 2.755.770
4) Itália - 2.673.655
5) Espanha – 2.467.761
6) Reino Unido – 2.094.209
7) Índia - 1.854.250
8) Emirados Árabes Unidos – 1.500.000
9) Turquia – 1.440.671
10) França - 1.384.633
13) Brasil – 735.224 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 12,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês
  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.