Acompanhe:
seloCarreira

Unicórnio de games abre mais de 100 vagas no Brasil e na Argentina

As vagas serão abertas no começo de 2020 para áreas de Engenharia, Recursos Humanos, Marketing de Performance e Ciência de Dados

Modo escuro

Continua após a publicidade
Escritório da Wildlife Studios em São Paulo (Wildlife/Divulgação)

Escritório da Wildlife Studios em São Paulo (Wildlife/Divulgação)

L
Luísa Granato

Publicado em 3 de janeiro de 2020 às, 06h00.

Última atualização em 6 de janeiro de 2020 às, 12h01.

São Paulo - A Wildlife Studios, startup de jogos para dispositivos móveis, vai contratar mais de 100 profissionais no primeiro trimestre de 2020 para seus escritórios da América Latina, em São Paulo e em Buenos Aires.

Fundada em 2011 pelos irmãos Victor e Arthur Lazarte, a empresa entrou para o grupo de unicórnios ao ser avaliada em 1,3 bilhão de dólares após rodada de investimentos liderada pelo fundo norte-americano Benchmark Capital.

Para a expansão de sua equipe no começo do ano, a startup vai contratar em diversas áreas, mas terá maior volume de vagas para Engenharia, Recursos Humanos, Marketing de Performance e Data Science.

Os profissionais interessados nas vagas no Brasil e na Argentina podem se cadastrar pelo site de carreiras da empresa.

Com crescimento médio de 80% ao ano, a empresa tem 2 bilhões de downloads de seus jogos. Eles procuram pessoas que tenham boa dinâmica para trabalhar em grupo e sejam apaixonadas por jogos.

Segundo Giovana Totini, VP de People da Wildlife Studios, eles querem construir e desenvolver uma equipe impulsionada por desafios e criar uma empresa onde as pessoas possam fazer o melhor trabalho de suas vidas.

Últimas Notícias

Ver mais
'Colheita de dados': startups latino-americanas transformam o agronegócio
Tecnologia

'Colheita de dados': startups latino-americanas transformam o agronegócio

Há um dia

A substituta: o que faz a Deco.cx, a startup carioca vencedora do Web Summit Rio 2024
seloNegócios

A substituta: o que faz a Deco.cx, a startup carioca vencedora do Web Summit Rio 2024

Há 2 dias

“Startups brasileiras sem ambição de serem globais, não têm chance de fazer IPO”, diz Domo.VC
seloNegócios

“Startups brasileiras sem ambição de serem globais, não têm chance de fazer IPO”, diz Domo.VC

Há 3 dias

Após captar R$ 530 milhões, startup mineira compra novo negócio para acabar com o trauma do RH
seloNegócios

Após captar R$ 530 milhões, startup mineira compra novo negócio para acabar com o trauma do RH

Há 3 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais