Carreira

Quer estudar ou trabalhar na Finlândia? Criador da Angry Birds te explica como

Organização de empreendedores finlandeses estará no Brasil este mês para orientar sobre as oportunidades de viver no país mais feliz do mundo; veja as áreas que mais necessitam de brasileiros

Peter Vesterbacka, criador dos famosos jogos Angry Birds: Não há jovens suficientes para viver na nação mais feliz do planeta; quem trabalha aqui normalmente tem de 5 a 6 semanas de férias por ano (Peter Vesterbacka/Divulgação)

Peter Vesterbacka, criador dos famosos jogos Angry Birds: Não há jovens suficientes para viver na nação mais feliz do planeta; quem trabalha aqui normalmente tem de 5 a 6 semanas de férias por ano (Peter Vesterbacka/Divulgação)

Publicado em 6 de abril de 2024 às 08h57.

A CI Experience, feira de intercâmbio organizada pela CI Intercâmbio, reuniará no dia 13 de abril, sábado, das 11h às 18h, no hotel Tivoli Mofarrej em São Paulo, 70 expositores de diferentes países que irão dar palestras e apresentar opções de bolsas de estudos.

A novidade da 15ª edição da feira é a participação da Finest Future, organização fundada por empreendedores finlandeses que tem por objetivo ajudar o governo do país a atrair jovens que considerarem a Finlândia como opção de estudo e/ou trabalho.

Um dos líderes finlandeses que estará presente no evento será Peter Vesterbacka, criador dos famosos jogos Angry Birds, que falou com exclusividade à EXAME sobre as oportunidades que o brasileiro tem para alavancar a sua carreira no país mais feliz do mundo.

A Finlândia foi considerada o país mais feliz do mundo pelo sétimo ano consecutivo. O que justifica esse sucesso?

Tudo começa com uma educação fantástica para todos, não apenas para alguns. E a Finlândia também é muito segura. Acreditamos em dar a todos a liberdade de buscar a felicidade. Não é surpresa que a Finlândia tenha 100/100 pontos no índice da Freedom House. Os EUA têm 83/100. Sem liberdade você não tem nada.

Por que a Finlândia está à procura de mão de obra? E por que o Brasil?

A baixa fertilidade e consequentemente a diminuição da população justifica a busca da Finlândia atrás de trabalhadores em outros países, como o Brasil. A Finlândia é como o Japão da Europa, não há jovens suficientes para viver na nação mais feliz do planeta. Por isso estamos com uma meta de atrair mais de 60 mil pessoas todos os anos.

Enxergamos o Brasil como um país que tem muitos jovens talentosos em busca da melhor educação possível, empregos fantásticos e uma vida feliz, enfim, atrás de um melhor futuro.

Que tipo de profissional o país busca?

Só a indústria tecnológica precisa de 13 mil novas pessoas todos os anos. A indústria de jogos recebe mil novas pessoas todos os anos. Além desses setores, também precisamos de muitas enfermeiras, soldadores e cozinheiros.

Quanto é a carga horário e a média salarial?

Aqui, normalmente, trabalhamos 38 horas por semana, com 5 a 6 semanas de férias por ano. Os salários variam de acordo com o setor e a escolaridade, mas os professores de jardim de infância, por exemplo, ganham 3.200 euros por mês.

Quais benefícios os trabalhadores normalmente desfrutam na Finlândia?

Para ser o país mais feliz do mundo, é esperado uma boa qualidade de vida e boas oportunidades no mercado de trabalho. Entre alguns benefícios do mercado, posso citar assistência médica gratuita, educação gratuita, férias prolongadas, horas extras pagas, entre outros.

E a outra coisa que sempre surge em nossas conversas com os alunos é que a Finlândia é muito igual, todo mundo é tratado de maneira igual – os professores, os alunos. E também é sobre a confiança – os pais confiam nos professores, os professores confiam nos alunos, os alunos confiam nos professores. Há muita confiança na sociedade finlandesa. Acho que isso também leva à felicidade.

Há espaço para brasileiros que queiram empreender também?

Sim, cada vez mais brasileiros estão se mudando para a Finlândia em busca de educação e trabalho de qualidade, além de uma vida feliz. Por isso muitos também abriram suas próprias empresas.

Como um brasileiro pode ter acesso a oportunidades de trabalho e estudo?

Você pode ingressar em um dos programas Finest Future e estará no caminho certo.

Alexander Stubb, presidente da Finlândia, com Peter Vesterbacka, criador dos famosos jogos Angry Birds (Peter Vesterbacka/Divulgação)

Como funcionará o processo seletivo da Finest Future com a CI Intercâmbio?

A parceria entre CI Intercâmbio e a Finest Future foi fechada no final do ano passado, segundo Celso Garcia, CEO da CI.

A parceria começa por meio do por meio do no programa da CI Intercâmbio e da Finest Future que recruta e prepara jovens para estudar na Finlândia. O primeiro desafio é o idioma.

“Jovens entre 13 e 17 anos precisam realizar primeiramente o estudo de finlandês on-line de 12 meses, e logo depois a aplicação do teste de proficiência no idioma”, diz Garcia.

Após aprovação no teste de idioma, o estudante poderá se candidatar para estudar em até 3 escolas de Ensino Médio, com duração mínima de um ano letivo. De acordo com o perfil do aluno, as escolas enviam suas sugestões para o aluno escolher em qual irá estudar gratuitamente.

Depois de cursar o Ensino Médio, o estudante também pode fazer processo seletivo e se candidatar para cursar Universidade gratuitamente.

“Se o aluno performar bem no programa de high school, ele automaticamente recebe o passe para ingressar na faculdade finlandesa. E certamente realizado esse processo de educação no país, com o idioma já dominado, é praticamente uma garantia de trabalho legal, afinal, o país carece de mão de obra jovem”, afirma Garcia que reforça que a Finlândia pode ser uma opção para quem busca construir uma carreira e um projeto de vida internacional.

Como participar?

As inscrições para participar do CI Experience podem ser feitas tanto para participação presencial quanto para online, basta acessar o link de sua preferência:

VEJA MAIS:

Clique aqui para inscrever sua empresa no ranking EXAME Negócios em Expansão 2024

Acompanhe tudo sobre:Angry BirdsFinlândiaCarreira internacional

Mais de Carreira

Você busca por salário emocional? Saiba mais sobre esse benefício que está atraindo profissionais

RH estratégico: descubra por que as empresas estão apostando nesta nova cultura

Flexibilidade e futuro: como o trabalho Gig está redefinindo carreiras no Brasil?

Os países mais procurados por brasileiros para estudar e trabalhar, segundo a Belta

Mais na Exame