Programa oferece 2.500 bolsas integrais para cursos online de tecnologia

São 5 cursos de 2 meses para carreiras em programação salesforce e fullstack, machine learning, análise de dados e cibersegurança

Mesmo em quarentena por causa do novo coronavírus, ainda é possível investir na sua carreira e entrar para uma das áreas mais quentes no mercado de trabalho. A IGTI, escola de pós-graduação a distância, está oferecendo 2.500 bolsas integrais para cursos online de tecnologia.

São cinco cursos de 2 meses para carreiras de Desenvolvedor Salesforce, Desenvolvedor Full Stack, Analista Machine Learning, Analista de Dados e Analista de Cibersecurity. São 500 bolsas para cada curso.

Para participar, é necessário ser maior de 18 anos e realizar uma prova online de lógica e fundamentos de programação. As vagas serão preenchidas pelos aprovados de acordo com a ordem de matrícula. As inscrições podem ser feitas no site até o dia 26 de abril.

Só é necessário pagar uma taxa de matrícula de 100 reais, os dois meses de curso são gratuitos. E as aulas começam no dia 30 de abril.

Para quem tem interesse em aprender mais, já é possível se cadastrar e adquirir os cursos do Exame. Academy, o braço de educação da Exame. Um dos próximos cursos lançados na plataforma será um treinamento exclusivo de investimento com Luiz Barsi, o maior bilionário pessoa física da bolsa brasileira.

Espera! Tem um presente especial para você.

Uma oferta exclusiva válida apenas nesta Black Friday.

Libere o acesso completo agora mesmo com desconto:

exame digital

R$ 15,90/mês

R$ 6,36/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

R$ 40,41/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.