Carreira

Big Techs? Setor que mais busca profissionais no Brasil existe há séculos e representa ¼ do PIB

Área terá demanda de 178 mil profissionais especializados nos próximos anos

Profissionais: agronegócio emprega mais de 19 milhões de brasileiros e deve abrir mais vagas (Getty Images/Reprodução)

Profissionais: agronegócio emprega mais de 19 milhões de brasileiros e deve abrir mais vagas (Getty Images/Reprodução)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 9 de março de 2023 às 09h00.

Com o avanço tecnológico, as chamadas BigTechs se consolidaram como as grandes empregadoras nos últimos anos. Contratando não apenas profissionais de tecnologia, o grupo composto por empresas como Google, Amazon, Meta, Apple e Microsoft foi responsável por empregar milhões de pessoas de todas as áreas na última década. 

No entanto, com o fim da pandemia de Covid-19, as gigantes da tecnologia se viram, em meio à crise econômica global, e com muitos profissionais que foram contratados para o aumento da demanda de consumo no período de isolamento. O resultado atual é de mais de 280 mil demissões entre 2022 e 2023

Com a mudança de cenário nas BigTechs, um novo setor se destaca como o grande empregador da vez: o agronegócio, área responsável por ¼ do PIB brasileiro e pelo emprego de 20% dos trabalhadores do país. 

Saiba como lucrar com o agronegócio, um dos setores mais importantes da economia brasileira

De acordo com uma pesquisa da Agência Alemã de Cooperação Internacional em parceria com o Senai e com a Universidade Federal do Rio Grande do Sul nos próximos dois anos, carreiras ligadas ao agronegócio devem gerar mais de 178 mil vagas de emprego

Acontece que o levantamento também apontou que a previsão é de que só haja cerca de 32 mil profissionais qualificados para essas vagas. São 5 vagas em aberto para cada profissional qualificado.

Quer conquistar uma dessas vagas? Clique aqui e participe da série gratuita da EXAME sobre como construir uma Carreira no Agronegócio

Ou seja, o agronegócio é uma das áreas com mais oportunidades de carreira hoje. Principalmente por causa do processo de digitalização do setor, que acontece principalmente no Brasil. 

De acordo com uma pesquisa da consultoria global McKinsey, cerca de 40% dos agricultores brasileiros já são digitalizados. Não à toa, é cada vez mais comum ver drones, inteligência artificial, softwares e robôs no dia a dia do campo. Além de ferramentas como tratores com Alexa, drones que identificam e eliminam pragas de forma eficiente e softwares de gestão financeira de fazendas. 

Quais são as Carreiras no Agronegócio? 

Ainda de acordo com a pesquisa alemã, a digitalização do agro faz surgir novas profissões que estão com vagas entre essas 178 mil oportunidades. São elas:

  • Agricultor urbano;
  • Operador de drones;
  • Cientista de dados agrícolas;
  • Engenheiro agrônomo digital;
  • Engenheiro de automação agrícola;
  • Designer de máquinas agrícolas;
  • Técnico em agronegócio digital.
  • Técnico em agricultura digital;

As duas últimas profissões listadas são tocadas pelo Agro Digital Manager, que é o responsável pela implementação de projetos digitais em propriedades agrícolas. 

A sua principal função é comandar a implementação de projetos de tecnologia em negócios do agro. O essencial para ter sucesso como Agro Digital Manager é entender quais são as principais dores do produtor rural hoje e fazer essa ponte com as soluções tecnológicas. 

Em resumo, esse profissional tem o objetivo de melhorar a produção das fazendas através da digitalização. Para isso, ele precisa entender tanto de processos do campo, como de Tecnologias da Informação e Comunicação, aliando conhecimentos como agricultura e plantio, plantio inteligente, tecnologias sustentáveis e tecnologias de digitalização. 

A demanda pelo Agro Digital Manager é sentida por empregadores do agronegócio. O especialista e empreendedor no agronegócio, Fernando Reis, afirmou em entrevista à EXAME que “As empresas, produtores e indústria, muitas vezes deixam de implantar tecnologias porque não têm profissionais que entendam a digitalização do agro. Todos estão em busca de profissionais com habilidades digitais”. 

Participe de série gratuita da EXAME e veja como se tornar um Agro Digital Manager 

Como se especializar no agronegócio digital?

Porém, não é necessário ser formado em Tecnologia da Informação nem em Agronomia, por exemplo (apesar de que esses especialistas terão mais facilidade na função). Profissionais de qualquer área podem se especializar para se tornar um Agro Digital Manager. A principal maneira de fazer isso é com cursos específicos para o setor.

Uma oportunidade é o curso gratuito produzido pela EXAME em parceria com a Agroadvance “CARREIRA NO AGRONEGÓCIO”. A série de 4 aulas aborda as possibilidades de carreira no setor e o passo a passo para se tornar um Agro Digital Manager, além de oferecer um certificado ao final para os participantes. As inscrições são feitas clicando neste link ou no botão abaixo

QUERO PARTICIPAR DAS 4 AULAS GRATUITAS DA EXAME E AGROADVANCE SOBRE CARREIRA NO AGRONEGÓCIO.

Acompanhe tudo sobre:Agronegóciocarreira-e-salariosdicas-de-carreira

Mais de Carreira

O que é preciso para se tornar um atleta olímpico?

Vaga dos Sonhos: “Especialista em Dormir” podem ganhar até 5 mil reais mensais; veja os requisitos

É possível trabalhar para outras empresas em seus horários de folga?

Ofensas a colega fora do ambiente de trabalho podem gerar justa causa?

Mais na Exame