Carreira

As 10 melhores profissões no Brasil, segundo o site Adzuna

Engenharia, tecnologia da informação e medicina (cirurgia) são as três melhores profissões no Brasil, segundo pesquisa realizada pelo site de empregos Adzuna

engenharia (Getty Images)

engenharia (Getty Images)

Camila Pati

Camila Pati

Publicado em 12 de setembro de 2013 às 09h33.

São Paulo - Engenheiros, profissionais de TI e médicos cirurgiões podem comemorar. É que recente pesquisa realizada pelo site de busca de empregos Adzuna revelou que estas três profissões são as melhores no Brasil.

Altos níveis de segurança no trabalho, bons salários e ótimas perspectivas de desenvolvimento de carreira colocam estas profissões no topo do ranking.

Cada atividade recebeu uma pontuação a partir de critérios como, potencial financeiro, ambiente de trabalho, taxa de competitividade, demanda de mercado, entre outros.

A pesquisa apontou também que a falta de competição, a alta demanda no mercado, os aumentos salariais e os melhores ambientes de trabalho fizeram com que os profissionais do ramo TI fossem considerados os menos estressados no país. O nível de estresse em cada trabalho foi calculado através de uma escala com 15 categorias diferentes, incluindo prazos, competitividade, riscos físicos e emocionais.

Com aumento de 20% no número de oportunidades anunciadas, engenharia mecânica e tecnologia da informação (desenvolvimento web) são as atividades mais promissoras no mercado de trabalho brasileiro. Medicina (cirurgia), finanças e setor de óleo e gás também têm as melhores previsões.

Clique nas fotos e confira quais são as melhores profissões atualmente no Brasil e o salário anual de cada uma delas:

Acompanhe tudo sobre:AdvogadosArquitetosEngenhariaEngenharia mecânicaEngenheirosMédicosProfissõesProgramadores

Mais de Carreira

10 erros de Português para evitar em uma entrevista de emprego

10 exemplos de mensagens de boas-vindas para funcionários (e dicas)

10 exemplos de comunicado interno para empresas (e dicas)

Depois de abandonar agenda de papel, geração Z aposta no Notion, um app que usa IA para organização

Mais na Exame