Veja o programa de governo de cada um dos 13 candidatos à presidência

O programa mais curto tem 5 páginas e o mais longo, 228

São Paulo — Com o fim do prazo para registro de candidatura no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o início da campanha, no dia 16, é hora de começar a avaliar os planos de governo de cada candidato.

Na eleição deste ano, serão 13 concorrentes à presidência: Alvaro Dias (Podemos); Cabo Daciolo (Patriota); Ciro Gomes (PDT); Eymael (DC); Geraldo Alckmin (PSDB); Guilherme Boulos (PSOL); Henrique Meirelles (MDB); Jair Bolsonaro (PSC); João Amoêdo (Novo); João Goulart Filho (PPL); Luiz Inácio Lula da Silva (PT); Marina Silva (Rede); e Vera (PSTU).

O mais curto é o da candidata do PSTU, com apenas 5 páginas; o do PSOL, por sua vez, conta 228 páginas.

No site do TSE, é possível acessar o programa de todos os candidatos. Veja a seguir:

Alvaro Dias (Podemos)

Plano de metas 19+1: para refundar a República! (15 páginas)

Cabo Daciolo (Patriota)

Plano de nação para a colônia brasileira (17 páginas)

Ciro Gomes (PDT)

Diretrizes para uma estratégia nacional de desenvolvimento para o Brasil (62 páginas)

Eymael (DC)

Carta 27: diretrizes gerais de governo para construir um novo e melhor Brasil (9 páginas)

Geraldo Alckmin (PSDB)

Diretrizes gerais (9 páginas)

Guilherme Boulos (PSOL)

Programa da coligação Vamos sem medo de mudar o Brasil (228 páginas)

Henrique Meirelles (MDB)

Pacto pela confiança! (21 páginas)

Jair Bolsonaro (PSC)

O caminho da prosperidade (81 páginas)

João Amoêdo (Novo)

Mais oportunidades, menos privilégios (23 páginas)

João Goulart Filho (PPL)

Distribuir a renda, superar a crise e desenvolver o Brasil (14 páginas)

Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

Plano Lula de governo (58 páginas)

Marina Silva (Rede)

Brasil justo, ético, próspero e sustentável (24 páginas)

Vera (PSTU)

16 pontos de um programa socialista para o Brasil contra a crise capitalista (5 páginas)

 

 

Apoie a Exame, por favor desabilite seu Adblock.