Brasil

Tempestades na Bahia seguem até manhã deste domingo; temperaturas sobem no Rio e São Paulo

O sul do país ainda terá atuação da massa de ar frio, que mantém o frio e as chuvas

Temperaturas sobem no Rio e São Paulo (Getty Images)

Temperaturas sobem no Rio e São Paulo (Getty Images)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 28 de janeiro de 2024 às 10h28.

As tempestades que deixaram diversos municípios da Bahia alagados neste sábado devem persistir até a manhã deste domingo, segundo alerta do Inmet. O último domingo de janeiro também deverá ser de temperaturas mais baixas e de chuva no sul do país, por causa da atuação de uma massa de ar frio associada a um centro de alta pressão a leste do Uruguai. Já a temperatura no Rio volta a subir e no Nordeste e Norte as máximas de todas as capitais ficarão acima de 30ºC, de acordo com a previsão.

O alerta de perigo do Inmet para tempestades continua ativo até as 10h deste domingo. Assim, as forte chuvas podem atingir, principalmente, quase toda a Bahia e o Tocantins. Além de boa parte do Pará, do Amazonas, do Acre, Maranhão, Piauí e norte de Minas.

Neste sábado, a capital Salvador, o sul e o oeste da Bahia sofreram com as fortes chuvas. Até o final de sábado, havia a informação da morte de duas crianças e doze cidades em situação de emergência Brumado, Medeiros Neto, Cícero Dantas, São Miguel das Matas, Anagé, Wanderley, Ilhéus, Cravolândia Muquém de São Francisco, Cotegipe, Ubaíra e Mutuípe.

As mortes das crianças aconteceram em Elísio Medrado. Elas estavam dentro de um carro que foi levado pela correnteza e lançado contra uma pedra. Havia cinco pessoas no veículo e a Defesa Civil confirmou os óbitos das crianças.

As tempestades foram ocasionadas pela Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) associada a um sistema de baixa pressão.

Sudeste e Nordeste mais quentes

As chuvas isoladas ainda poderão acontecer no Rio, mas a temperatura deve ser maior do que a vista no resto da semana. A máxima prevista é de 31ºC e a mínima de 21ºC, segundo o Inmet.

Em São Paulo as chuvas que vinham tomando o litoral devem dar uma trégua. Na capital, a previsão é de uma leve alta na temperatura. Na capital, a máxima deve ser de 26ºC e a mínima de 17ºC.

No Nordeste e no Norte, apesar da possibilidade de chuva forte em várias regiões, todas as capitais deverão ter temperaturas altas. Nenhuma máxima ficará abaixo dos 30ºC, segundo a previsão do Inmet.

Frio persiste no Sul

Já a região Sul continua sem o calor típico do verão. Em Porto Alegre, as temperaturas têm sido baixas e a última vez que passou passou dos 30ºC foi no dia 19, quando a estação do bairro Jardim Botânico, do Inmet, registrou 32,9ºC.

A explicação, segundo o MetSul, é o sistema de baixa pressão em níveis médios e altos da atmosfera, que “aprisiona” o ar mais frio na região Sul do Brasil há vários dias. Isso forma uma massa de ar frio que se associou a um centro de alta pressão ao leste do Uruguai.

Essa “baixa fria” deve durar mais alguns dias no Sul, mantendo a temperatura abaixo do normal. Neste domingo e na segunda ainda podem ocorrer pancadas de chuva isoladas. Já nos dias seguintes a previsão aponta que o valor pode voltar em várias cidades do Rio Grande do Sul.

Acompanhe tudo sobre:BahiaChuvassao-paulo

Mais de Brasil

Ministro do Trabalho vincula mudanças em crédito consignado a fim do saque-aniversário

Bolsonaristas criticam Moraes por derrubar norma sobre aborto; governistas apoiam decisão

Enchentes agora atingem SC; mais de 800 estão fora de casa devido a inundações

Nível do Guaíba cai 17 cm em Porto Alegre e segue baixando

Mais na Exame