Brasil

Tebet embarca com Lula para São Paulo após reunião para definir ministério

Como mostrou o Estadão, persiste o impasse sobre qual ministério Simone deverá assumir após o PT vetar o nome dela para comandar o Ministério do Desenvolvimento Social

Lula ofereceu à senadora o comando do Meio Ambiente (Leandro Fonseca/Exame)

Lula ofereceu à senadora o comando do Meio Ambiente (Leandro Fonseca/Exame)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 23 de dezembro de 2022 às 16h40.

Última atualização em 23 de dezembro de 2022 às 18h32.

A senadora Simone Tebet (MDB) embarcou para São Paulo nesta sexta-feira, 23, com o presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no avião de táxi aéreo utilizado no deslocamento do petista. Horas antes, Simone se reuniu com Lula para definir qual pasta assumirá no futuro governo.

Lula ofereceu à senadora o comando do Meio Ambiente. Ela disse que aceitaria desde que a deputada eleita Marina Silva (Rede-SP) concordasse em assumir o novo cargo de Autoridade Climática. Lula se encontrou com Marina em seguida, mas não houve acordo.

Como mostrou o Estadão, persiste o impasse sobre qual ministério Simone deverá assumir após o PT vetar o nome dela para comandar o Ministério do Desenvolvimento Social, entregue ao senador eleito Wellington Dias (PT), ex-governador do Piauí. A saída encontrada por Lula, em conversas com dirigentes do PT, foi oferecer a Simone o controle do Meio Ambiente.

A senadora, porém, já disse não aceitar passar por cima de Marina, que foi ministra do Meio Ambiente no governo Lula, de 2003 a 2008. Marina não aceita o cargo de Autoridade Climática por considerá-lo muito técnico. Diante do impasse, Lula chamou Simone para viajar com ele a São Paulo, na tentativa de encontrar outra solução.

LEIA TAMBÉM:

Para onde vai Simone Tebet? Lula e senadora se reúnem nesta sexta-feira para definir ministério

Lula oferece Meio Ambiente para Tebet e tenta acertar dobradinha com Marina

Acompanhe tudo sobre:Luiz Inácio Lula da SilvaMarina SilvaSimone-Tebet

Mais de Brasil

Sob gestão Lula, assassinatos contra indígenas no Brasil aumentam 15% em 2023, aponta relatório

PRTB marca data de convenção para anunciar candidatura de Marçal no mesmo dia do evento de Nunes

Moraes defende entraves para recursos a tribunais superiores e uso de IA para resolver conflitos

Com negociação para definir vice, PL lança candidatura de Ramagem à prefeitura do Rio

Mais na Exame