Acompanhe:

Tarifa de metrô e ônibus sobe no dia 1º em SP

Prefeito Fernando Haddad declarou que a Prefeitura tem feito "um esforço muito grande" para compensar o custo do serviço - que não sobe de preço há mais de dois

Modo escuro

Continua após a publicidade

	Questionados, prefeito e governador não deram nenhuma dica sobre quanto será o reajuste nem se as passagens continuarão com o mesmo preço nos ônibus e no sistema Metrô-CPTM
 (Francisco Emolo/Jornal da USP)

Questionados, prefeito e governador não deram nenhuma dica sobre quanto será o reajuste nem se as passagens continuarão com o mesmo preço nos ônibus e no sistema Metrô-CPTM (Francisco Emolo/Jornal da USP)

C
Caio do Valle

Publicado em 18 de maio de 2013 às, 09h44.

São Paulo - Os paulistanos terão de preparar o bolso, já que as tarifas de metrô, trens e ônibus vão subir no mesmo dia. O governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito Fernando Haddad (PT) confirmaram nesta sexta-feira, 17, que os reajustes estão previstos para o dia 1.º de junho, exatamente daqui a duas semanas. O aumento, no entanto, deve ficar abaixo da inflação.

Somente pelo sistema de ônibus da São Paulo Transporte (SPTrans), circulam diariamente 4,5 milhões de passageiros, em média. Boa parte deles também usa o metrô e a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), que, juntos carregam 7,2 milhões de usuários por dia útil.

Nem Alckmin nem Haddad disseram qual será o novo valor. A tarifa custa hoje R$ 3. No caso dos ônibus, o último a

umento foi em 5 de janeiro de 2011. De lá até o mês passado, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) registrou acúmulo de 14,8%. Se o valor fosse atualizado com base nessa taxa, a passagem subiria para R$ 3,44. Mas, segundo Haddad, o reajuste será menor. "A orientação que eu dei para a Secretaria de Transportes é de que o reajuste seja inferior ao da inflação acumulada desde o último reajuste", disse o prefeito.

Haddad declarou que, como a passagem está há quase dois anos e meio com o mesmo valor, a Prefeitura tem feito "um esforço muito grande" para compensar o custo do serviço. "Onera os cofres públicos, porque eu tenho um contrato de concessão e a remuneração do concessionário independe do preço da tarifa. Se a tarifa não aumenta, aumenta o subsídio."

Indefinição

Alckmin e Haddad disseram que o aumento será definido na semana que vem. Os valores ainda precisam ser apreciados pelo Legislativo. A data-limite para que os governos municipal e estadual enviem suas propostas para a Assembleia Legislativa e para a Câmara Municipal, respectivamente, é de cinco dias úteis antes da data do reajuste.


Questionados, prefeito e governador não deram nenhuma dica sobre quanto será o reajuste nem se as passagens continuarão com o mesmo preço nos ônibus e no sistema Metrô-CPTM. Até o ano passado, por exemplo, os ônibus eram um pouco mais caros do que a rede sobre trilhos.

Isso mudou no último reajuste feito por Alckmin, em fevereiro de 2012, quando a tarifa dos trens e do metrô subiu de R$ 2,90 para R$ 3. Os governos municipal e estadual se articulam para encontrar um valor comum para a tarifa dos sistemas.

O Sindicato dos Metroviários informou que a tarifa do Metrô vai subir para R$ 3,40. A informação, segundo sindicalistas, vem circulando no Metrô desde fevereiro.

Alckmin não comentou sobre o valor divulgado pela entidade. "O número está sendo fechado. A gente sempre procura fazer isso: ver qual a inflação do período e dar um ganho de eficiência e produtividade para o usuário, ou seja, não repõe totalmente a inflação. Fica um pouco abaixo dos custos da tarifa do serviço."

Outro valor aventado é o de R$ 3,30. Treze cidades na Região Metropolitana de São Paulo, entre elas Guarulhos e Osasco, reajustaram suas passagens para esse patamar entre o fim de 2012 e o início deste ano. 

Últimas Notícias

Ver mais
Nunes diz que romperá contrato com empresas de ônibus se ficar provada ligação com PCC
Brasil

Nunes diz que romperá contrato com empresas de ônibus se ficar provada ligação com PCC

Há 21 horas

Amaggi recebe primeira autorização para teste de biodiesel em embarcação fluvial
ESG

Amaggi recebe primeira autorização para teste de biodiesel em embarcação fluvial

Há 3 dias

Fim da Linha: O que se sabe sobre operação que mira empresas de ônibus de SP ligadas ao PCC
Brasil

Fim da Linha: O que se sabe sobre operação que mira empresas de ônibus de SP ligadas ao PCC

Há 6 dias

BRT Transbrasil começa a operar neste sábado e terá multa gravíssima em caso de invasão de faixa
Mundo

BRT Transbrasil começa a operar neste sábado e terá multa gravíssima em caso de invasão de faixa

Há 2 semanas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais