STJ: morador inadimplente não pode sofrer restrições no condomínio

Questão foi decidida pela Quarta Turma da Corte após julgar o caso de uma moradora que não paga as taxas condominiais desde 1998
Condomínios: turma do STJ entendeu que condomínio não pode impor sanções para constranger o morador (Germano Lüders/Exame)
Condomínios: turma do STJ entendeu que condomínio não pode impor sanções para constranger o morador (Germano Lüders/Exame)
Por Agência BrasilPublicado em 29/05/2019 06:37 | Última atualização em 29/05/2019 06:37Tempo de Leitura: 1 min de leitura

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) decidiu nesta terça-feira (28) que morador inadimplente não pode ser impedido de frequentar as áreas comuns do prédio. A questão foi decidida pela Quarta Turma da Corte.

O colegiado julgou o caso de uma moradora que não paga as taxas condominiais desde 1998, acumulando uma dívida de mais de R$ 290 mil. No recurso apresentado, a defesa afirmou que moradora estava impedida de usar as áreas de lazer, como a piscina, a brinquedoteca e o salão de festas em razão da inadimplência.

No processo, a moradora informou que deixou de pagar o condomínio após o falecimento do marido, que foi vítima de um latrocínio (roubo seguido de morte).

Ao analisar o caso, por unanimidade, a turma seguiu voto proferido pelo relator, ministro Luis Felipe Salomão, e entendeu que o condomínio não pode impor sanções que não estão previstas em lei para constranger o morador que está inadimplente.

Cabe recurso contra a decisão.

Veja Também

União vende 390 imóveis com descontos de até 66%
Mercado imobiliário
Há 2 semanas • 2 min de leitura

União vende 390 imóveis com descontos de até 66%

STJ prevê liberar remédios fora do rol da ANS com evidência científica
Minhas Finanças
Há 2 semanas • 4 min de leitura

STJ prevê liberar remédios fora do rol da ANS com evidência científica