Rebelo defende trabalho forte da diplomacia para alavancar agronegócio

O pré-candidato à Presidência pelo Solidariedade afirmou também que o país precisa voltar a investir em tecnologia e inovação

O pré-candidato à Presidência pelo Solidariedade Aldo Rebelo defendeu um trabalho mais forte da diplomacia brasileira para alavancar o agronegócio. “Algumas nações fazem da disputa comercial a essência da sua diplomacia, acho que o Brasil deve se dedicar mais toda sua economia no mercado internacional que para esse setor é muito promissor”, disse ele durante o fórum realizado nesta segunda-feira, 18, em São Paulo pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).

Rebelo afirmou também que o País precisa voltar a investir em tecnologia e inovação. “A Embrapa tem muito mais dinheiro para custeio hoje em dia do que pesquisa. Precisamos fazer um investimento forte em pesquisa para nos mantermos na vanguarda”, afirmou.

“Precisamos de um governo forte e não autoritário. Precisamos mudar o Brasil e eu não acho tão difícil assim”.

 

 

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 29,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa mensal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.