Brasil

Sem chuvas, Centro-Oeste e Sudeste recebem alerta de calor intenso para os próximos dias

Inmet emite aviso de "Grande Perigo" para onda de calor, que segue extrema em oito estados

Onda de calor: temperaturas podem ficar acima de 30ºC em São Paulo e Minas Gerais (Rebecca Crepaldi/Exame)

Onda de calor: temperaturas podem ficar acima de 30ºC em São Paulo e Minas Gerais (Rebecca Crepaldi/Exame)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 6 de maio de 2024 às 06h43.

Última atualização em 6 de maio de 2024 às 06h50.

As regiões do Centro-Oeste e Sudeste desde o final de abril enfrentam uma onda de calor, com temperaturas que podem chegar a 5ºC acima da média para a época. Algumas cidades no interior do estado de São Paulo, por exemplo, atingiram os 38ºC na semana anterior. Por conta da persistência da forte onda de calor, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmte) segue com o alerta de "Perigo" e "Grande Perigo" para as regiões.

Sudeste e Centro-Oeste

Nestas regiões, o calor não vai se dissipar. As altas temperaturas devem se perpetuar ao longo da semana desde o norte do Paraná, passando por São Paulo, Rio de Janeiro, sul do Espírito Santo e de Minas Gerais, cobrindo todo o Mato Grosso do Sul e o sul de Goiás e Mato Grosso. O aviso do Inmet é de Grande Perigo para grande parte das duas regiões.

Nos estados do Sudeste, os dias serão de sol e céu limpo. No Rio de Janeiro, as máximas chegam a 37°C no meio da semana, sem previsão de chuva. Em São Paulo e Minas Gerais, os termômetros também passarão dos 30°C, com tempo firme e uma leve queda de temperatura a partir da quinta-feira. No Espírito Santo, as temperaturas também não caem, mas os capixabas podem esperar nuvens de chuva isoladas durante o meio da semana.

No Centro-Oeste, o tempo é firme, com máximas de 37°C no Mato Grosso, e 33°C no Mato Grosso do Sul e Goiânia. Não há previsão de chuva ou de temperaturas mais amenas ao longo da semana para os estados.

Norte e Nordeste

Segundo o Inmet, a previsão para os estados do Nordeste é de chuva ao longo da semana, mas as temperaturas permanecem na casa dos 30°C. Para a região de Salvador e litoral baiano, o Instituto emitiu um alerta de "perigo" para tempestades, que começam ainda nesta segunda-feira. Nos demais estados, a chuva deve chegar a partir de terça-feira, com muitas nuvens e pancadas isoladas, especialmente no Maranhão, Bahia, Ceará e Rio Grande do Norte.

Para o Norte do país, o Instituto também emitiu um alerta de "perigo" de tempestades para o Amapá, Roraima, norte do Amazonas e do Pará. Rondônia e Acre também tem previsão de chuva para a semana, mas com menos intensidade. Em Tocantins, o clima é estável, sem chuvas e poucas nuvens. Em toda a região, as máximas giram em torno dos 33°C.

Acompanhe tudo sobre:onda de calorEstado de São PauloRio de JaneiroEspírito SantoMinas GeraisGoiásBrasíliaMato GrossoMato Grosso do Sul

Mais de Brasil

Motor de maior avião de passageiros do mundo tem falha em decolagem em São Paulo

Climatempo emite alerta de perigo para RS esta semana; chuva deve voltar ao estado

Lula se reúne com aliados políticos para discutir reação a projeto sobre aborto na Câmara

PL do Aborto gera manifestações em ao menos oito cidades

Mais na Exame