Brasil

Deputado tenta votar mudança de meta na CMO ainda hoje

Presidente da Comissão Mista de Orçamento articula última tentativa para votar mudança na meta fiscal antes que ela passe ao plenário


	Comissão Mista de Orçamento: deputado Arthur Lira tenta votar ainda hoje a proposta de alteração da meta fiscal
 (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Comissão Mista de Orçamento: deputado Arthur Lira tenta votar ainda hoje a proposta de alteração da meta fiscal (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

DR

Da Redação

Publicado em 24 de maio de 2016 às 13h26.

BRASÍLIA - O presidente da Comissão Mista de Orçamento (CMO), Arthur Lira (PP-AL), articula uma última tentativa para votar nesta terça-feira a proposta que altera a meta fiscal de 2016 na comissão.

Ainda que pouco provável, Lira convocou uma reunião da CMO para as 14h e tenta negociar com o presidente do Congresso, Renan Calheiros (PMDB-AL), uma breve interrupção da sessão conjunta da Câmara e do Senado Federal, já em andamento, para que a CMO analise o projeto.

Após passar pela CMO o projeto seria então encaminhado para o plenário do Congresso e votado após a análise de vetos presidenciais.

Se não for analisada pela comissão, a proposta de mudança da meta fiscal para 2016 será votada direto pelo plenário do Congresso Nacional.

Segundo Renan, há instrumentos regimentais para levá-la diretamente ao plenário, mesmo que não tenha sido analisada pela CMO.

A reunião da comissão da manhã desta terça-feira, convocada para avaliar a matéria antes que fosse a plenário, foi encerrada devido à falta de quórum.

A medida abre espaço para o governo central (governo federal, Previdência e Banco Central) registrar um déficit primário recorde de 170,5 bilhões de reais, ante meta ainda vigente de superávit 24 bilhões de reais.

Acompanhe tudo sobre:Câmara dos DeputadosCongressoPolítica no BrasilSenado

Mais de Brasil

Base de Canoas passará a ter dez voos por dia, anuncia governo

Paraná Pesquisas: em SP, Nunes tem 28,1%; Boulos, 24,2%; Datena, 12,1%; e Tabata, 9,1%

O que abre e o que fecha em SP no feriado de Corpus Christi

Mais na Exame