Brasil

Pesquisa presidencial em MG: Lula tem 45% dos votos totais e Bolsonaro, 40%, aponta Genial/Quaest

O estado é o segundo maior colégio eleitoral do país

Bolsonaro x Lula: pesquisa aponta liderança do petista em MG. (Alan Santos/Ricardo Stuckert/Flickr)

Bolsonaro x Lula: pesquisa aponta liderança do petista em MG. (Alan Santos/Ricardo Stuckert/Flickr)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 27 de outubro de 2022 às 09h26.

Pesquisa Genial/Quest em Minas Gerais, segundo maior colégio eleitoral do País, divulgada nesta quinta-feira, 27, mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está à frente do presidente Jair Bolsonaro (PL) no Estado, com 45% dos votos totais contra 40%.

A vantagem do petista acontece mesmo com um cenário positivo para o governo. Segundo o levantamento, a avaliação positiva do Executivo tomou a dianteira pela primeira vez desde março deste ano, com 37% avaliando a gestão como boa (eram 23% em março) e 34% vendo como negativa (eram 50% em março).

Fique por dentro das principais notícias do Brasil e do mundo. Assine a EXAME

O presidente também registrou uma diminuição na sua rejeição, com 49% dos mineiros dizendo que não votariam nele (eram 56% em setembro) e 44% se colocando contra Lula (eram 45% em setembro). De acordo com a pesquisa, para 91% dos mineiros, a escolha do seu candidato é definitiva, e 8% ainda podem mudar voto “caso algo aconteça”.

O levantamento também mostra que, para 68% da população, a apoio do governador Romeu Zema (Novo) ao presidente "não muda" seu voto, enquanto para 23% as chances de votar em Bolsonaro "aumentam".

A pesquisa entrevistou 2.200 pessoas de forma presencial entre os dias 24 e 26 de outubro e tem margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-09544/2022.

Acompanhe tudo sobre:EleiçõesJair BolsonaroLuiz Inácio Lula da SilvaPesquisas eleitoraisPolítica

Mais de Brasil

Quem é Mello Araújo, anunciado como vice de Nunes em São Paulo

Lula anuncia R$ 194 milhões para construção de 1,3 mil casas no Piauí

Justiça Federal homologa acordo para preservação da Cinemateca

Nunes e Tarcísio confirmam ex-chefe da Rota indicado por Bolsonaro como vice

Mais na Exame