Brasil

Paes abre Carnaval do Rio com cerimônia de entrega da chave da cidade à Corte da folia

Tia Surica, nomeada a Rainha Principal da folia, chegou ao Palácio da Cidade num carro de época

O prefeito Eduardo Paes entrega a chave da cidade para o Rei Momo e dá o início ao Carnaval com desfile preparado por Milton Cunha nos jardins do Palácio da Cidade (Redes Sociais/Reprodução)

O prefeito Eduardo Paes entrega a chave da cidade para o Rei Momo e dá o início ao Carnaval com desfile preparado por Milton Cunha nos jardins do Palácio da Cidade (Redes Sociais/Reprodução)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 9 de fevereiro de 2024 às 16h08.

Última atualização em 9 de fevereiro de 2024 às 16h43.

O prefeito Eduardo Paes entregou, nesta sexta-feira, a chave da cidade à Corte do Carnaval, em ato no Palácio da Cidade, em Botafogo, zona sul do Rio.

A cerimônia teve apresentação de Milton Cunha e marca o início oficial do Carnaval 2024. Paes frisou que a cerimônia foi eternizada para todos os anos a partir de hoje na cidade e, dirigindo-se a Kaio Mackenzie, Rei Momo, disse:

"Vou permitir que você fique no comando, excepcionalmente, não só até quarta-feira. Será a partir de hoje até o Sábado das Campeãs. Mas segunda-feira, dia 19, vou estar de volta quando seu reinado acabar. Aí a gente volta ao nosso trabalho. Passo ao Rei Momo a coroa oficial do Carnaval carioca", disse o prefeito.

O ministro do Turismo, Celso Sabino, também participou da cerimônia. Eduardo Paes destacou a publicação em Diário Oficial para que a transferência da chave da cidade fique eternizada no calendário oficial da cidade:

"Que o ministro Celso Sabino me acompanhe entregando a chave da cidade ao Rei Momo. E gostaria de dizer que em ato extraordinário decretei como evento e cerimônia do Rio a transmissão das chaves da cidade ao Rei Momo. Nenhum prefeito poderá deixar de fazer a transferência da chave oficial ao Rei Momo daqui para a frente.

Já o ministro enfatizou a importância do Rio para atrair turistas ao Brasil em fevereiro:

"O Rio é a cidade que mais recebe turistas no Brasil. E, nacionalmente, a perspectiva é de que teremos 49 milhões de foliões aproveitando o Carnaval do Brasil. É um número 6,5% maior do que o do ano passado. E viva o Carnaval do Rio se Janeiro!

Tia Surica, nomeada por Paes a Rainha Principal da folia, chegou ao Palácio da Cidade num carro de época. Na cerimônia, com mais de 100 atores e atrizes fantasiados, estiveram presentes também figuras do Carnaval carioca e da política, entre eles o historiador Luiz Antonio Simas, integrantes de escola de samba como Portela e São Clemente, secretários municipais, entre os quais Tainá de Paula, de Meio Ambiente, e o presidente da Embratur, Marcelo Freixo. O evento teve, no fim, um baile de Carnaval com a bateria da Imperatriz Leopoldinense, campeã do ano passado.

A prefeitura divulgou, no início desta semana, todo o planejamento operacional para os desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí e na Nova Intendente, e para os shows no Terreirão do Samba.

Acompanhe tudo sobre:Eduardo PaesCarnaval

Mais de Brasil

Câmara aprova a Lei Taylor Swift, que criminaliza cambismo digital

CCJ do Senado aprova projeto que prorroga por 10 anos as cotas para negros em concurso

Pacheco adia sessão sobre vetos, governo evita derrotas, e Lira demonstra insatisfação

Rio registra queda de 25% das mortes violentas no primeiro trimestre

Mais na Exame