Brasil

Operação da PF para capturar mais de 200 foragidos prende 48 pessoas em 10 estados e no DF

Lesa Pátria é realizada em 18 estados e mira condenados ou investigados por ataques no 8 de janeiro

Sede da Polícia Federal, em Brasília (DF) (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Sede da Polícia Federal, em Brasília (DF) (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 6 de junho de 2024 às 13h53.

Última atualização em 6 de junho de 2024 às 14h23.

A Polícia Federal realiza nesta quinta-feira nova fase da Operação Lesa Pátria, com mandados expedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 18 estados e no Distrito Federal. De acordo com informações da corporação, atualizadas no início da tarde de hoje, 48 pessoas foram presas em dez estados e no Distrito Federal.

Ainda segundo a PF, mais de duas centenas de réus "descumpriram medidas cautelares judiciais", incluindo pessoas que fugiram para outros países. Ao todo, até 10 horas desta quinta-feira ainda eram 163 pessoas procuradas, incluindo condenados ou investigados considerados foragidos.

A operação, que está em sua 27ª fase, apura envolvidos na invasão do 8 de janeiro de 2023 aos prédios dos Três Poderes, em que indivíduos promoveram atos violentos e dano generalizado contra os imóveis, móveis e objetos daquelas instituições.

Os fatos investigados constituem, em tese, os crimes de abolição violenta do Estado Democrático de Direito, golpe de Estado, dano qualificado, associação criminosa, incitação ao crime, destruição e deterioração ou inutilização de bem especialmente protegido.

Ao todo, são 208 mandados de prisão preventiva. Alguns dos alvos da operação são procurados após terem quebrado tornozeleiras eletrônicas. Outros mandados têm como alvo pessoas que fugiram para outros países. Todos foram assinados pelo ministro Alexandre de Moraes, que é o relator das investigações que miram os atos golpistas.

No total, a Lesa Pátria já cumpriu centenas de mandados de prisão e apreendeu cerca de R$ 11,6 milhões em bens. No entando, "mais de duas centenas de réus, deliberadamente, descumpriram medidas cautelares judiciais ou ainda fugiram para outros países, com o objetivo de se furtarem da aplicação da lei penal", afirma a corporação, em nota.

Na última fase, de número 26, realizada em 16 de abril, a PF cumpriu 18 mandados judiciais de busca e apreensão, expedidos pelo STF, em oito estados do país.

Veja os estados onde as pessoas foram presas:

  • Distrito Federal - 7
  • Paraná - 5
  • Bahia - 1
  • Mato Grosso - 4
  • Minas Gerais - 7
  • Goiás - 1
  • Mato Grosso do Sul - 1
  • São Paulo - 17
  • Santa Catarina - 3
  • Espírito Santo - 1
  • Pará - 1
Acompanhe tudo sobre:Polícia Federal

Mais de Brasil

"Chama o VAR”: a necessidade de cumprir a regra e realizar concursos públicos para professores

Tarcísio libera entidades religiosas de pagar ICMS na importação de produtos

Greve dos ônibus de SP: Sindicato dos motoristas adia paralisação prevista para esta sexta-feira

DV da conta: o que é e onde encontrar 

Mais na Exame