Acompanhe:

O que explica o crescimento de Bolsonaro nas pesquisas eleitorais

Pesquisa CNT/MDA mostra que o deputado aparece em segundo lugar nas pesquisas de intenção de voto – atrás apenas do ex-presidente Lula

Modo escuro

Continua após a publicidade
O candidato à Presidência Jair Bolsonaro (Facebook/Jair Bolsonaro/Reprodução)

O candidato à Presidência Jair Bolsonaro (Facebook/Jair Bolsonaro/Reprodução)

V
Valéria Bretas

Publicado em 21 de setembro de 2017 às, 06h30.

Última atualização em 21 de setembro de 2017 às, 06h30.

São Paulo - A 134ª Pesquisa CNT/MDA, divulgada na terça-feira (19) pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), mostrou que o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) continua crescendo nas intenções de voto para as eleições de 2018.

De acordo com o levantamento, Bolsonaro aparece em segundo lugar – atrás apenas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva  – em todos os cenários testados. Segundo o CNT, o deputado teria hoje 10,9% das intenções de voto espontânea para presidente ante 6,5% na pesquisa anterior divulgada em fevereiro.

Na análise da consultoria Eurásia, a ascensão de Bolsonaro é um reflexo do crescente descontentamento dos brasileiros com a classe política. “Embora ele tenha estado no Congresso há mais de duas décadas, durante a maior parte desse tempo, Bolsonaro ficou longe do protagonismo devido suas visões políticas e a sua defesa enfática do regime militar no Brasil”, diz a consultoria.

Agora, em meio a um aumento do sentimento “anti establishment", o discurso de Bolsonaro conseguiu atingir parte do eleitorado. “Seu crescimento, portanto, é sintomático de um processo que vai conduzir as eleições do próximo ano. Os eleitores sabem só o que não querem”.

A partir de agora, segundo a Eurásia, as preferências dos eleitores sobre os candidatos dever mudar diante de eventuais mudanças na lista de possíveis aspirantes presidenciais.

Para a Eurasia, Bolsonaro se beneficia “não apenas do 'voto de protesto', mas também da falta de outras candidaturas”.  Com isso, como outros candidatos com o apelo, provavelmente, surgirão nos próximos meses, a vantagem do hoje deputado federal deve cair, afirma a consultoria. "Mas isso não quer dizer que seu desempenho vai passar despercebido”.

Últimas Notícias

Ver mais
Nada de papel: Governo de SP disponibiliza plataforma eletrônica para os 645 municípios paulistas
Brasil

Nada de papel: Governo de SP disponibiliza plataforma eletrônica para os 645 municípios paulistas

Há 3 horas

Parlamentares pedem derrubada de MP que reonera folha de pagamento de 17 setores
Brasil

Parlamentares pedem derrubada de MP que reonera folha de pagamento de 17 setores

Há 4 horas

Dengue: governador do Rio decreta epidemia após 4 mortes e 49 mil casos notificados no estado
Brasil

Dengue: governador do Rio decreta epidemia após 4 mortes e 49 mil casos notificados no estado

Há 4 horas

'Inação implica em perda de vidas inocentes', diz Mauro Vieira em discurso de abertura do G20
Brasil

'Inação implica em perda de vidas inocentes', diz Mauro Vieira em discurso de abertura do G20

Há 4 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais