Brasil

MPF denuncia mais 14 pessoas de montadora na Operação Zelotes

Acusações estão relacionadas à MMC Automotores do Brasil, que tem licença para fabricar e vender veículos da marca japonesa Mitsubishi no país

Mitsubishi: MPF alega que o pagamento ajudou a MMC Automotores a evitar impostos de 600 milhões de reais (Junko Kimura/Getty Images/Getty Images)

Mitsubishi: MPF alega que o pagamento ajudou a MMC Automotores a evitar impostos de 600 milhões de reais (Junko Kimura/Getty Images/Getty Images)

R

Reuters

Publicado em 10 de fevereiro de 2017 às 08h46.

São Paulo - O Ministério Público Federal denunciou na quinta-feira mais 14 pessoas por envolvimento no esquema de evasão fiscal investigado no âmbito da Operação Zelotes.

As acusações estão relacionadas à MMC Automotores do Brasil, que tem licença para fabricar e vender veículos da marca japonesa Mitsubishi no país.

De acordo com os investigadores, 33,8 milhões de reais em propinas teriam sido pagas aos autores do esquema, que agiram para "manipular" as decisões do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf).

O MPF alega que o pagamento ajudou a MMC Automotores a evitar impostos de 600 milhões de reais.

A MMC Automotores se recusou a comentar.

A Operação Zelotes investiga várias empresas pelo pagamento de propinas a membros do Carf para obtenção de decisões favoráveis que reduzam os valores devidos.

As 14 pessoas foram acusadas de "corrupção, tráfico de influência e lavagem de dinheiro", como resultado das investigações iniciadas em 2014, de acordo com o comunicado.

Acompanhe tudo sobre:Ministério PúblicoMitsubishiMontadorasOperação Zelotes

Mais de Brasil

Quem é Mello Araújo, anunciado como vice de Nunes em São Paulo

Lula anuncia R$ 194 milhões para construção de 1,3 mil casas no Piauí

Justiça Federal homologa acordo para preservação da Cinemateca

Nunes e Tarcísio confirmam ex-chefe da Rota indicado por Bolsonaro como vice

Mais na Exame