Acompanhe:

O Ministério de Minas e Energia quer publicar até a semana que vem a medida provisória (MP) com o objetivo de garantir a redução de até 4% na conta de luz para consumidores de baixa tensão (residenciais). O Globo teve acesso à minuta da proposta que está pronta na pasta e deve seguir para a Casa Civil nos próximos dias.

A proposta prevê, entre outros pontos, securitizar futuros recebíveis que a Eletrobras deve ao governo. Ou seja, após a publicação da MP, o governo poderá pedir empréstimo ao setor privado, com taxa de juro mais baixas, tendo os pagamentos da Eletrobras como garantia.

Esse dinheiro será usado para pagar empréstimos tomados pelas distribuidoras de eletricidade, durante o auge da pandemia de covid-19, em 2020, e a seca que baixou os reservatórios das hidrelétricas, entre 2021 e 2022. Esses empréstimos estão embutidos na conta de luz e, por isso, pesam nas tarifas.

"A prioridade do governo Lula é garantir tarifa justa para a população mais pobre e classe média e energia barata para desenvolver o Brasil", disse o ministro Alexandre Silveira ao O Globo.

"Estima-se que a quitação dos empréstimos promoverá uma redução estrutural, em média, de 3,5% nas tarifas de todos os consumidores já em 2024, equivalente aos custos da tarifa social de energia elétrica e de universalização em 2023, caracterizando o interesse público", diz a minuta.

Mas, integrantes do ministério afirmam que os técnicos foram conservadores no texto e o valor de desconto pode aumentar para até 4%, dependendo do juro aplicado na securitização.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Leilão de lote de rodovias em SP deve gerar R$ 880 milhões aos municípios
Economia

Leilão de lote de rodovias em SP deve gerar R$ 880 milhões aos municípios

Há 9 horas

Pacheco pode pautar marco do mercado de carbono neste mês, diz Padilha
ESG

Pacheco pode pautar marco do mercado de carbono neste mês, diz Padilha

Há 10 horas

Lula afirma que o Brasil voltará a vender 3,8 milhões de carros por ano
Economia

Lula afirma que o Brasil voltará a vender 3,8 milhões de carros por ano

Há 11 horas

Lula receberá pedido do presidente da Colômbia para vender derivados da maconha ao Brasil
Brasil

Lula receberá pedido do presidente da Colômbia para vender derivados da maconha ao Brasil

Há 12 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais