Joice barra "bolsonaristas" e escolhe empresário Ivan Sayeg como vice

Ideia de convidar Ivan Leão Sayeg, herdeiro da Casa Leão Joalheria, faz parte de estratégia de evitar que rótulo de novata cole

Candidata do PSL à prefeitura de São Paulo, a deputada federal Joice Hasselmann não cedeu à pressão da ala bolsonarista do partido e escolheu como seu candidato a vice o empresário Ivan Leão Sayeg, herdeiro da Casa Leão Joalheria.

A definição ocorreu no momento em que o deputado Luiz Philippe de Orléans e Bragança (PSL-SP), que é aliado do presidente Jair Bolsonaro, passou a pleitear o cargo. A escolha do herdeiro da família real era apontada entre bolsonaristas como um gesto de reaproximação do PSL com o Palácio do Planalto.

"Ivan é um paulistano da gema, conhece cada canto dessa cidade, tem o sonho de consertar cada ruela abandonada. Ele entende de cidade e entende de São Paulo que é um país. Tem energia, é lavajatista como eu, luta contra corrupção, e vai complementar a chapa como ninguém", disse Joice.

O nome preferido de Joice era o economista Marcos Cintra. Ex-secretário da Receita Federal de Bolsonaro, ele também rompeu com o presidente e se manteve no PSL. Na entrevista coletiva após convenção da legenda na segunda-feira, 31, a candidata chamou Cintra de "meu posto Ipiranga".

Trata-se de uma referência ao apelido dado pelo presidente na campanha ao seu hoje ministro da Economia, Paulo Guedes. Cintra, porém, será o coordenador do programa de governo e vai disputar uma vaga de vereador na capital.

Filiado ao PSL, Sayeg também estava na lista de candidatos a vereador. A ideia de convidá-lo para ser vice faz parte de uma estratégia de criar pontos de referência de Joice com a capital e evitar o rótulo de novata na cidade. A deputada é paranaense e mudou-se para São Paulo em 2014 para trabalhar como jornalista da revista Veja.

A família Leão Sayeg chegou ao Brasil em 1912 vinda de Alepo, na Síria. O patriarca, Leão Sayeg, construiu a joalheria que hoje é comandada por Lydia Sayeg, irmã de Ivan. Ela ficou conhecida do público no programa de TV Mulheres Ricas.

Lydia e o irmão são amigos do ex-ministro da Justiça Sérgio Moro. A militância deles em defesa da Lava Jato também pesou na decisão de Joice na escolha de seu vice.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 3,90/mês
  • R$ 9,90 após o terceiro mês.

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

exame digital anual

R$ 99,00/ano
  • R$ 99,00 à vista ou em até 12 vezes. (R$ 8,25 ao mês)

  • Acesse quando e onde quiser.

  • Acesso ilimitado ao EXAME Invest, macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo e tecnologia.
Assine

Já é assinante? Entre aqui.