Brasil

Inmet alerta para tempestades no Sul e chuvas intensas no Norte; veja previsão

No Sudeste, temperaturas ficam mais amenas após dias de onda de calor; Rio e São Paulo não têm previsão de chuva

Agência o Globo
Agência o Globo

Agência de notícias

Publicado em 17 de maio de 2024 às 10h07.

Tudo sobreEnchentes no RS
Saiba mais

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu um novo alerta de "Perigo Potencial" para tempestades no Sul. A passagem de um novo sistema frontal causa as chuvas fortes, que podem vir acompanhadas de trovoadas e rajadas de vento na região, principalmente em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul (RS). O instituto também emitiu alerta de "Perigo" para chuvas nos estados no Norte e alerta de "Perigo Potencial" para chuvas em regiões do Nordeste.

De acordo com o alerta emitido pelo instituto, as chuvas no Sul podem ser de até 50mm/dia, ventos intensos (40-60km/h) e queda de granizo. Há baixo risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de galhos de árvores e de alagamentos. O alerta vai até sábado.

Segundo o MetSul, a previsão de chuva no estado gaúcho ocorre principalmente na metade norte do estado, localidade que concentra as nascentes e os principais rios que enfrentam as cheias. Na metade norte do estado, o tempo segue instável com chuvas com maiores volumes entre o alto Uruguai e o planalto médio.

A chuva em pontos do norte e do nordeste gaúcho pode atingir 50 mm a 100 mm em várias cidades, especialmente da serra. O instituto ainda alertou que os volumes devem provocar uma nova alta dos rios, mas um segundo repique de cheia não será tão significativo como o do começo da semana.

Ainda segundo o MetSul, o tempo deve melhorar no sábado, mas ainda não se pode afastar instabilidade fraca e isolada alternada com sol e nuvens na serra e no litoral norte.

Inmet emite alertas para chuvas no país nesta sexta-feira — Foto: Reprodução/Inmet

Inmet emite alertas para chuvas no país nesta sexta-feira — Foto: Reprodução/Inmet (Inmet/Reprodução)

A Marinha do Brasil também emitiu um alerta de ressaca, com ondas de até 3 metros na faixa litorânea entre Mostarda, no Rio Grande do Sul, e Florianópolis, Santa Catarina. O aviso é válido até esta sexta-feira e ocorre por conta da frente fria que vem do Oceano Atlântico.

A região Sudeste não está mais sob a influência da onda de calor, mas as temperaturas devem continuar altas em algumas localidades. A onda de calor (a quarta do ano) afetava as regiões desde o final de abril. No Rio, a previsão é de céu parcialmente nublado a claro e sem previsão de chuva. A máxima deve atingir os 35ºC. Já em São Paulo, também não há previsão de chuva, com máxima de 31ºC.

O instituto segue com um alerta de "Perigo Potencial" para acumulado de chuvas na região Nordeste. As chuvas podem afetar metropolitana de Recife, na mata pernambucana, na mata paraibana, leste sergipano, leste potiguar e no leste de Alagoas. Também há previsão de chuva para o estado do Maranhão. A previsão é que tenha chuvas de até 50 mm/dia, com baixo risco de alagamentos e pequenos deslizamentos, em cidades com tais áreas de risco.

Na costa leste, as instabilidades na região devido ao transporte de umidade do oceano para o continente favorecem a ocorrência de chuvas, que podem superar 40 mm. Já no interior da região, a previsão é de tempo quente e sem chuva.

No Norte, o calor e a alta umidade devem provocar pancadas de chuvas, com valores entre 50 e 100mm/dia em áreas do centro-norte do Amazonas e do Pará, bem como nos estados de Roraima e Amapá. O instituto emitiu alerta de "Perigo" para chuvas nas localidades. Há risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.

Além desse alerta, o instituto também emitiu outro de "Perigo Potencial" para chuvas intensas no nordeste e sudoeste paraense, região metropolitana de Belém, norte e sul de Roraima, sul do Amapá e áreas do Pará e do Amazonas. Os volumes devem ser de até 50 mm/dia nas localidades.

Acompanhe tudo sobre:Enchentes no RSRio Grande do SulChuvasClima

Mais de Brasil

Em Porto Alegre, Defesa Civil alerta para risco de novos temporais com ‘ventos intensos’ e granizo

Ministério da Saúde amplia vacinação contra dengue; veja nova faixa etária

Reviravolta em julgamento sobre 'sobras eleitorais' pode anular eleição de sete deputados; entenda

Privatização da Sabesp será concluída em 22 de julho; veja os mais cotados para vencer a disputa

Mais na Exame