Acompanhe:

Governo zera imposto de exportação de armas para Américas do Sul e Central

Em outra decisão da Camex nessa área, o Gecex já havia zerado, em dezembro do ano passado, a alíquota do Imposto de Importação de revólveres e pistolas a partir do dia 1º de janeiro de 2021

Modo escuro

Continua após a publicidade
A flexibilização do acesso a armas é uma das principais bandeiras do presidente Jair Bolsonaro. (Diego Vara/Reuters)

A flexibilização do acesso a armas é uma das principais bandeiras do presidente Jair Bolsonaro. (Diego Vara/Reuters)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 26 de julho de 2021 às, 12h54.

O Comitê Executivo de Gestão da Câmara de Comércio Exterior (Gecex/Camex) revogou a cobrança de Imposto de Exportação sobre armas e munições, quando vendidas para a América do Sul e América Central, inclusive Caribe.

A retirada do imposto dos produtos consta de resolução publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira, 26. O ato anula duas outras resoluções do órgão, uma de 2001 e outra de 2010, que tornavam esses itens sujeitos à tarifa de exportação à alíquota de 150%. De acordo com a publicação, a decisão foi deliberada em reunião do comitê realizada no último dia 14 de julho. O ato desta segunda-feira entra em vigor em sete dias.

A flexibilização do acesso a armas é uma das principais bandeiras do presidente Jair Bolsonaro. Desde que assumiu a Presidência, Bolsonaro já editou decretos e outras normas, além de projetos de lei encaminhados ao Congresso Nacional, para tornar mais fácil o porte e a posse de armas e munições no País.

Em outra decisão da Camex nessa área, o Gecex já havia zerado, em dezembro do ano passado, a alíquota do Imposto de Importação de revólveres e pistolas a partir do dia 1º de janeiro de 2021. Antes, a alíquota do imposto incidente sobre os objetos era de 20%.

Últimas Notícias

Ver mais
Lula deve ter ao menos 2 reuniões bilaterais em viagem à Guiana, diz Itamaraty
Brasil

Lula deve ter ao menos 2 reuniões bilaterais em viagem à Guiana, diz Itamaraty

Há 11 horas

Aneel mantém bandeira tarifária verde em março, sem adicional nas contas de luz
Brasil

Aneel mantém bandeira tarifária verde em março, sem adicional nas contas de luz

Há 11 horas

BNDES aprova R$ 88,5 milhões para expansão da internet de banda larga na PB e no RN
Brasil

BNDES aprova R$ 88,5 milhões para expansão da internet de banda larga na PB e no RN

Há 12 horas

Juiz manda submeter esfaqueador de Bolsonaro a tratamento psiquiátrico
Brasil

Juiz manda submeter esfaqueador de Bolsonaro a tratamento psiquiátrico

Há 13 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais