Brasil

Governo apela ao papa por clemência a brasileiro

Assessor da presidência disse que encaminhou representação à Santa Sé um dossiê com detalhes do caso do brasileiro que será executado na Indonésia

Marco Aurélio Garcia, assessor especial da Presidência para Assuntos Internacionais, comenta situação do brasileiro condenado à morte (Marcelo Camargo/ABr/Agência Brasil)

Marco Aurélio Garcia, assessor especial da Presidência para Assuntos Internacionais, comenta situação do brasileiro condenado à morte (Marcelo Camargo/ABr/Agência Brasil)

DR

Da Redação

Publicado em 16 de janeiro de 2015 às 16h13.

Brasília - O assessor especial para Assuntos Internacionais da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, disse hoje (16) que encaminhou à representação da Santa Sé no Brasil um dossiê com detalhes do caso do brasileiro que deve ser executado na Indonésia neste fim de semana.

A intenção, segundo ele, é que o documento possa chegar ao conhecimento do papa Francisco que poderia interceder pela vida do brasileiro.

“Mantive contato com a Nunciatura Apostólica e fiz chegar à representação da Santa Sé no Brasil um pequeno dossiê com os dados dessa execução. Me foi assegurado que seria enviado à Secretaria de Estado do Vaticano para que Sua Santidade pudesse interceder em favor de uma atitude de clemência por parte do governo indonésio”, disse Garcia.

Em conversa com jornalistas, o assessor especial chegou a dizer que é preciso esperar que “um milagre” possa reverter a situação.

Pela manhã, a presidente Dilma Rousseff conversou por telefone com o presidente da Indonésia, Joko Widodo, e fez um apelo em favor dos brasileiros Marco Archer Cardoso Moreira, que está preso naquele país por tráfico de drogas e deve ser executado neste fim de semana, e de Rodrigo Muxfeldt Gularte, condenado pelo mesmo crime.

Widodo respondeu que não poderia atender ao apelo de Dilma, apesar de compreender a preocupação dela com os cidadãos brasileiros.

O presidente indonésio ressalvou que todos os trâmites jurídicos foram seguidos conforme as leis do país e que os brasileiros tiveram garantido o devido processo legal.

Acompanhe tudo sobre:ÁsiaDilma RousseffDrogasIndonésiaPena de mortePersonalidadesPolítica no BrasilPolíticosPolíticos brasileirosPT – Partido dos Trabalhadores

Mais de Brasil

Como consultar o MEI pelo CPF?

Imposto de 20% para compras de até US$ 50 já está valendo? Entenda o que foi aprovado na Câmara

Senado pode votar imposto de 20% para compras no exterior de até US$ 50 nesta quarta

Venezuela retira convite à União Europeia para observar eleições presidenciais

Mais na Exame