Brasil

Gol cria 122 voos extras para atender a Região Sul até 30 de maio

A partir de 14 de maio, serão disponibilizados dois voos extras diários para a capital catarinense: um partindo de Congonhas, em São Paulo, e outro do Galeão, no Rio

Enchentes no RS: Gol disponibiliza mais voos (Gol/Divulgação)

Enchentes no RS: Gol disponibiliza mais voos (Gol/Divulgação)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 9 de maio de 2024 às 20h21.

Última atualização em 9 de maio de 2024 às 20h25.

Tudo sobreEnchentes no RS
Saiba mais

A Gol criou uma malha especial, de 122 voos extras, para atender a Região Sul até o final de maio em meio à interdição, por tempo indeterminado, do aeroporto de Porto Alegre. A companhia terá novos voos nos aeroportos de Caxias do Sul, Florianópolis e Passo Fundo e priorizará a operação com aviões maiores em Chapecó.

Lula cobra Anac e GOL por morte de cachorro em voo: 'Tem que prestar contas'

A partir de 14 de maio, serão disponibilizados dois voos extras diários para a capital catarinense: um a partir de Congonhas, em São Paulo, e outro a partir do Galeão, no Rio. "Florianópolis tem sido um dos principais pontos de apoio para clientes afetados pelos cancelamentos em Porto Alegre e foi escolhida devido à infraestrutura aérea e terrestre para receber mais passageiros e cargas", diz a aérea em nota. O aumento de oferta da companhia chega a 15% em Florianópolis.

Em Passo Fundo, que hoje é atendida com até três voos semanais para Guarulhos com aeronaves 737-700, com 138 lugares, a Gol aumentará sua oferta com voos diários, operados por aeronaves 737-800, com 48 assentos a mais por decolagem até o final de maio. Na cidade do interior gaúcho, a companhia amplia em 195% a oferta de assentos no período.

“Só tem sinergia de receita”: os três pontos que dificultam a fusão entre Gol e Azul

A Gol também aguarda autorização para incluir voos extras para Caxias do Sul a partir de Congonhas.

Em todos os voos extras nesse período, a aérea também levará donativos nos porões das aeronaves, que serão escoados por via terrestre para distribuição em cidades do Rio Grande do Sul afetadas pelas enchentes. Com as medidas adotadas para aumentar a oferta, a disponibilidade de transporte de cargas e mantimentos no porão das aeronaves cresce para até 670 toneladas.

Remarcação

A Gol reforça que os clientes que desejarem remarcar seus voos, chegando ou partindo do aeroporto de Porto Alegre ou de Pelotas, poderão fazê-lo através do site da companhia, com a possibilidade de deixar o valor da passagem em crédito com a companhia ou reembolso integral, além de isenção da taxa de remarcação para voos da Gol.

É dada também a opção de migração da reserva para bases no Sul como Florianópolis, Passo Fundo, Caxias do Sul e Chapecó.

Acompanhe tudo sobre:Gol Linhas AéreasEnchentes no RSEnchentesChuvasRio Grande do Sul

Mais de Brasil

Paulo Gonet sugere pagar adicional para procuradores de cidades com menos de 30 mil habitantes

Enem 2024: prazo de inscrição termina nesta sexta-feira

Tarcísio diz a investidores que tem “interesse zero” nas eleições de 2026

MEC lança programa para reduzir analfabetismo entre jovens e adultos

Mais na Exame