Brasil

Gestão Alckmin autoriza parques a cobrarem estacionamento

Parques da Água Branca e da Juventude também ganharam permissão para cobrar por estacionamento, como já fazem o Villa-Lobos e Cândido Portinari

Estacionamento: parques cobram R$ 5 por duas horas ou R$ 10 por até 12 horas (Paulo Fridman/Bloomberg)

Estacionamento: parques cobram R$ 5 por duas horas ou R$ 10 por até 12 horas (Paulo Fridman/Bloomberg)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 10 de março de 2017 às 09h37.

São Paulo - A Secretaria Estadual do Meio Ambiente autorizou a cobrança de estacionamento nos Parques da Água Branca, zona oeste, e da Juventude, zona norte.

O valor para carros é de R$ 5 por duas horas ou R$ 10 por até 12 horas, feitos para uma empresa privada que gerencia os espaços.

Desde janeiro, também foram concedidos os estacionamentos nos Parques Villa-Lobos e Cândido Portinari, na zona oeste.

A gestão Geraldo Alckmin (PSDB) justifica a cobrança dizendo que "pretende criar receita nos parques, aumentar a segurança e melhorar o atendimento".

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Acompanhe tudo sobre:EstacionamentosGeraldo Alckminsao-paulo

Mais de Brasil

Governo sanciona lei que prevê plano de combate à violência contra mulher

PL do aborto: Conselho Federal da OAB aprova parecer que avalia texto como inconstitucional

Em SP, operação da Polícia Civil despeja projeto social na Cracolândia

PF recupera gravuras raras roubadas há 16 anos da Biblioteca Mário de Andrade, em SP

Mais na Exame