Brasil

Fundador do Pink Floyd posta foto de Temer e questiona o Brasil

Roger Waters é conhecido pela posição política demarcada em tudo o que faz, e resolveu se envolver em assuntos da política brasileira

Michel Temer, "Essa é a vida que realmente queremos?", pergunta o fundador do Pink Floyd, Roger Waters, sobre Temer (Ueslei Marcelino/Reuters)

Michel Temer, "Essa é a vida que realmente queremos?", pergunta o fundador do Pink Floyd, Roger Waters, sobre Temer (Ueslei Marcelino/Reuters)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 22 de maio de 2017 às 12h38.

Última atualização em 23 de outubro de 2018 às 11h36.

São Paulo - "Brasil, é essa vida que vocês realmente querem?", pergunta Roger Waters aos brasileiros em um post publicado na sua página oficial com a foto do presidente da República, Michel Temer. "Essa é a vida que realmente queremos?", diz o fundador do Pink Floyd na imagem. Waters é conhecido pela posição política demarcada em tudo o que faz.

O músico vai lançar o seu primeiro álbum de rock em 25 anos, Is This The Life We Really Want? no dia 2 de junho. A capa do álbum novo tem arte parecida com a da foto postada com a imagem de Temer.

O último trabalho de estúdio do artista, Amused To Death, de 1992, foi um estudo profético da cultura popular, que explorava o poder da televisão na época da primeira Guerra do Golfo. A aguardada sequência do álbum é uma "rigorosa" observação sobre o mundo moderno e tempos incertos, além de se mostrar uma continuação natural de álbuns clássicos do Pink Floyd, como Animals e The Wall.

Produzido e mixado por Nigel Godrich, que já trabalhou com nomes como Radiohead, Paul McCartney e U2, Is This The Life We Really Want contará com 12 novas composições e performances em estúdio.

Acompanhe tudo sobre:ArtistasCrise políticaGoverno TemerMichel TemerPink FloydRoger Waters

Mais de Brasil

PT concorda com revisão de benefícios fiscais, mas critica Tarcísio por aumento para 2025

Onda de frio: temperatura terá queda brusca no Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Norte a partir de sexta

Chuvas fortes atingem o RS mais uma vez e causam novos alagamentos

Mendonça sugere que multa de leniências da Lava Jato seja usada para ajudar o RS

Mais na Exame