Brasil

Embaixada da China anuncia doação de 1.700 cilindros de oxigênio ao Amazonas

O Estado enfrenta um colapso no sistema hospitalar e a elevação das mortes em meio à pandemia de covid-19, até por falta de oxigênio medicinal

Manaus (Bruno Kelly/Reuters)

Manaus (Bruno Kelly/Reuters)

EC

Estadão Conteúdo

Publicado em 22 de janeiro de 2021 às 20h58.

A Embaixada da China no Brasil anunciou nesta sexta-feira, 22, em sua conta oficial no Twitter, que empresas e associações do país asiático doaram ou estão em processo de doação de 1.700 cilindros de oxigênio, outros 1.900 quilos de oxigênio e grande quantidade de insumos sanitários ao Amazonas. O Estado enfrenta um colapso no sistema hospitalar e a elevação das mortes em meio à pandemia de covid-19, até por falta de oxigênio medicinal.

A Embaixada da China afirmou que as empresas e associações estão sensibilizadas com a situação no Amazonas. De acordo com a representação diplomática, a bandeira da China está ao lado da do Brasil para "vencer essa luta".

Acompanhe tudo sobre:AmazonasChinaCoronavírusManausPandemiaSaúde no Brasil

Mais de Brasil

Legislativo do Maranhão aprova reajuste de 107% no salário do governador

Governo Tarcísio abre edital para comprar 12 mil câmeras corporais para a PM

Moro diz que não vai se candidatar à presidência em 2026

Nível Guaíba fica abaixo dos 4 metros pela primeira vez em 20 dias

Mais na Exame