Brasil

Desembargador suspende depoimento de Lula em ação da Operação Zelotes

É a segunda vez que o interrogatório é desmarcado por determinação do magistrado. A decisão foi motivada por um pedido feito pela defesa de Lula

Lula: interrogatório do ex-presidente estava previsto para amanhã (Andressa Anholete/AFP)

Lula: interrogatório do ex-presidente estava previsto para amanhã (Andressa Anholete/AFP)

AB

Agência Brasil

Publicado em 20 de junho de 2018 às 18h57.

O desembargador Néviton Guedes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), sediado em Brasília, suspendeu o interrogatório do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, previsto para amanhã (20), na ação penal sobre a Operação Zelotes. É a segunda vez que o interrogatório é desmarcado por determinação do magistrado.

A decisão foi motivada por um pedido feito pela defesa de Lula. Em fevereiro, Néviton Guedes suspendeu o depoimento também por entender que Lula só pode ser ouvido após a oitiva de testemunhas que foram arroladas pela defesa e estão morando fora do país.

Acompanhe tudo sobre:Luiz Inácio Lula da SilvaOperação Zelotes

Mais de Brasil

Aeroporto de Porto Alegre continuará fechado pelo próximo mês, diz FAB

Lira defende votar nesta terça projeto de taxação de compras internacionais até US$ 50

Paes lidera com folga a disputa pela prefeitura do Rio, aponta pesquisa Futura

Sem acordo, Congresso adia análise de veto a despacho gratuito de bagagens

Mais na Exame