Brasil

Cristina Kirchner expressa apoio a Lula em julgamento no TRF-4

Lula e a ex-presidente argetina, que também está indiciada em várias causas, mantêm uma estreita relação há anos

Cristina Kirchner: "Acompanhamos Lula e o povo do Brasil. #JusticiaPorLula @LulapeloBrasil" (Marcos Brindicci/Reuters)

Cristina Kirchner: "Acompanhamos Lula e o povo do Brasil. #JusticiaPorLula @LulapeloBrasil" (Marcos Brindicci/Reuters)

E

EFE

Publicado em 24 de janeiro de 2018 às 14h49.

Buenos Aires - A ex-presidente da Argentina e atual senadora Cristina Kirchner expressou nesta quarta-feira seu apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que está enfrentando hoje o julgamento que ratificará, modificará ou suspenderá sua condenação a nove anos e meio de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

"Acompanhamos Lula e o povo do Brasil. #JusticiaPorLula @LulapeloBrasil", escreveu a ex-governante argentina na sua conta no Twitter em apoio ao ex-presidente presidente.

Caso sua condenação seja confirmada pelo tribunal de segunda instância com sede em Porto Alegre, Lula pode ficar inabilitado para as eleições presidenciais de outubro.

Lula e Cristina, que também está indiciada em várias causas, a maioria por suposta corrupção, mantêm uma estreita relação há anos.

No último dia 8 de dezembro, por exemplo, o ex-governante expressou sua "solidariedade" com a viúva do também ex-presidente argentino Néstor Kirchner (2003-2007), ao comentar que sofre uma "caçada judicial e midiática", um argumento que ele mesmo usa para defender-se da Justiça.

Cristina também se comparou com Lula em diversas ocasiões, convencida de que existe um plano para desprestigiar os líderes e governos progressistas do continente.

Os três magistrados que integram a oitava turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) decidirão hoje se mantêm, modificam ou anulam a sentença por corrupção passiva e lavagem de dinheiro ditada contra Lula pelo juiz Sérgio Moro em um caso relacionado com Operação Lava Jato.

Nesta causa, uma das sete abertas contra o ex-presidente na Justiça, a maioria por suposta corrupção, Lula responde por supostos subornos recebidos da construtora OAS, que teriam se configurado na entrega de um triplex no Guarujá em troca de favorecimentos a essa empresa em contratos com a Petrobras.

Acompanhe tudo sobre:ArgentinaCristina KirchnerJustiçaLuiz Inácio Lula da SilvaPorto Alegre

Mais de Brasil

Como será o inverno de 2024 no Brasil? Estação deve ter dias de calor e até 3ºC acima da média

Vai ter greve do Metrô amanhã? Sindicato se reúne nesta terça para decidir sobre paralisação

Sobe para 161 número de mortos devido às fortes chuvas no RS; veja serviços parados

Exército reduz de 5 para 1 o total de fuzis que PMs podem 'ter em casa'

Mais na Exame