Brasil

Comissão da Câmara aprova obrigatoriedade de cobertura nos pontos de ônibus

Relator do projeto lembra que o tempo de espera dos passageiros é, em muitos casos, superior ao da própria viagem

Projeto de lei: O texto recebeu parecer favorável do relator, deputado Vicentinho Júnior (PP-TO) (Roberto Parizotti/Fotos Públicas)

Projeto de lei: O texto recebeu parecer favorável do relator, deputado Vicentinho Júnior (PP-TO) (Roberto Parizotti/Fotos Públicas)

A Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados aprovou proposta pela qual os pontos de embarque e desembarque de passageiros nos serviços de transporte público coletivo devem ter cobertura. O texto altera a Lei da Mobilidade Urbana.

Trata-se do Projeto de Lei nº 5.437/19, do deputado Charles Fernandes (PSD-BA). O texto recebeu parecer favorável do relator, deputado Vicentinho Júnior (PP-TO).

Segundo ele, a prestação de serviços de transportes não deveria se restringir ao período no interior dos veículos. “O tempo de espera, em certas ocasiões, pode inclusive ser superior ao tempo de viagem. O sistema de transportes, por completo, deve ser planejado para proporcionar, além de segurança e regularidade, salubridade e conforto”, reforçou o parlamentar.

LEIA TAMBÉM: 

Após derrubada de veto de Bolsonaro, Lei Padre Júlio Lancelotti é promulgada

Câmara e Senado entram em recesso parlamentar

Acompanhe tudo sobre:Câmara dos DeputadosMobilidademobilidade-urbanaTransporte público

Mais de Brasil

Meta de alfabetizar 80% das crianças na idade certa é 'coisa nobre, mas pequena', diz Lula

Lira anuncia acordo com planos de saúde para suspender cancelamentos recentes de contratos

Lewandowski anuncia diretrizes para o uso de câmeras corporais por agentes de segurança pública

Enem 2024: como consultar o resultado da isenção?

Mais na Exame