Brasil

Cidade de SP amplia a vacinação contra a dengue; veja quem pode tomar e o que é preciso levar

As doses do imunizante serão distribuídas entre as 471 UBSs e serão aplicadas de segunda a sexta

Vacinação contra a dengue: doses do imunizante serão distribuídas entre as 471 Unidades Básicas de Saúde (Paulo H.Carvalho/Agência Brasil)

Vacinação contra a dengue: doses do imunizante serão distribuídas entre as 471 Unidades Básicas de Saúde (Paulo H.Carvalho/Agência Brasil)

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 10 de abril de 2024 às 17h13.

Última atualização em 10 de abril de 2024 às 17h30.

A partir desta quarta-feira, 10, todas as crianças e adolescentes de 10 a 14 anos que moram ou estudam na cidade de São Paulo poderão tomar a vacina contra a dengue.

As doses do imunizante serão distribuídas entre as 471 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e serão aplicadas de segunda a sexta-feira das 7h às 19h e aos sábados, nas unidades AMAs/UBSs integradas no mesmo horário.

Há cerca de uma semana doses do imunizante contra a dengue já estavam sendo distribuídas para as crianças e adolescentes de 10 a 14 anos da cidade, mas apenas para moradores ou estudantes das regiões de Itaquera, na zona leste, e na Vila Jaguara, na zona oeste. Segundo a prefeitura, isso aconteceu porque mais de 8 mil doses tinham sobrado de outras regiões do país e foram redistribuídas para os locais com maior número de casos absolutos e taxa de incidência da doença.

Agora, a capital recebeu 177.679 doses do imunizante do Programa Nacional de Imunização (PNI) e, por isso, ampliou a vacinação.

Até o momento, de acordo com a Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo (SES- SP), foram registrados mais de 140 mil casos de dengue na capital. Além disso, 39 mortes foram confirmadas em decorrência da doença, e outras 137 seguem em investigação.

Quais documentos é necessário levar?

Para receber a vacina, a criança ou o adolescente precisa estar acompanhado de um responsável, portando documento de identidade, cartão de vacina e comprovante de residência ou escolar, de acordo com a Prefeitura.

Vale destacar ainda que as informações sobre a vacinação contra a dengue estão disponíveis na página De Olho na Carteirinha, da SES.

Haverá aplicação de vacina nas escolas?

Não. Inicialmente, a gestão municipal havia anunciado que a vacinação seria aplicada nas escolas, mas, após orientação do Ministério da Saúde, as doses serão aplicadas nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs).

Quando a criança não poderá ser vacinada?

Quando ela estiver com dengue ou suspeita da doença — nesses casos, é necessário esperar seis meses para tomar a vacina, de acordo com o Ministério da Saúde. Além disso, via de regra, as pessoas que tenham demonstrado hipersensibilidade à dose anterior da vacina e imunossuprimidos também não devem tomar o imunizante.

Acompanhe tudo sobre:DengueVacinasDoençassao-paulo

Mais de Brasil

Secretário de Turismo diz que 53% das atrações públicas do RS foram danificadas

Prefeito de Canoas diz que reconstrução de prédios públicos demanda mais de R$ 200 milhões

OPINIÃO: Nunca esqueceremos

Enchentes no RS: sobe para 155 o número de mortos; 94 pessoas seguem desaparecidas

Mais na Exame