Brasil

Ciclone extratropical provocará ventanias de 100 km/h nesta quinta; veja se sua região será afetada

As rajadas mais intensas são esperadas para a Região Sul, para o sul e leste de São Paulo e pontos altos da serra do Rio de Janeiro

Ciclone extratropical: diversas pessoas publicaram os impactos da chuva e ventos fortes que se iniciaram ao logo da noite de quarta (Cris Faga/NurPhoto/Getty Images)

Ciclone extratropical: diversas pessoas publicaram os impactos da chuva e ventos fortes que se iniciaram ao logo da noite de quarta (Cris Faga/NurPhoto/Getty Images)

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 13 de julho de 2023 às 06h30.

Última atualização em 13 de julho de 2023 às 11h03.

O ciclone extratropical ainda estará próximo ao litoral do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, com potencial para provocar fortes rajadas de vento nos estados da Região Sul, em várias áreas do Sudeste e do Centro-Oeste.

Segundo o Climatempo, as rajadas mais intensas no decorrer desta quinta-feira são esperadas para a Região Sul, para o sul e leste de São Paulo e pontos altos da serra do Rio de Janeiro.

No Sul, os ventos também se intensificam nas áreas de Planalto, Vale do Itajaí e litoral catarinense, com rajadas que variam entre 60 e 90km/h, sendo que em áreas do Litoral Sul, Serra e Grande Florianópolis Serrana, podem ultrapassar os 100km/h.

"Nas próximas horas, a frente fria se afasta do estado e, com isso, reduz a intensidade da chuva. Os ventos, gradativamente, devem se intensificar e ficar com direção de quadrante sul. Assim, o risco é moderado para ocorrências relacionadas às chuvas em parte do leste do estado e moderada a alto para os ventos", afirma em comunicado da Defesa Civil de Santa Catarina.

Nas redes sociais, diversas pessoas publicaram os impactos da chuva e ventos fortes que se iniciaram ao logo da noite de quarta.

Mar agitado

A Marinha do Brasil emitiu alerta entre a costa da Grande Florianópolis e o Litoral Sul, com ondas que variam entre 3,0 e 4,5m.

Frio intenso

Uma massa de ar frio avança sobre Santa Catarina. A DCSC emitiu Aviso Meteorológico para queda acentuada das temperaturas e frio intenso. As fortes rajadas de vento combinadas às baixas temperaturas causam uma sensação térmica ainda mais baixa em todo o estado.

Quando o ciclone extratropical acaba?

De acordo com o Inmet, os ventos devem diminuir de intensidade a partir da quinta-feira, 13, quando o ciclone extratropical deve se deslocar para o Oceano Atlântico e perder força.

O que é um ciclone extratropical?

Segundo o Clima Tempo, um ciclone extratropical é uma uma área de baixa pressão atmosférica onde os ventos giram ao redor de um centro, sempre no sentido horário, no caso do Hemisfério Sul, formando um círculo completo.

Quanto mais baixa a pressão do ar no centro do ciclone, mais fortes são os ventos e maior o potencial para o desenvolvimento de nuvens muito extensas, que provocam chuva volumosa e forte, ventania, raios e eventualmente granizo.

Com Agência o Globo.

Acompanhe tudo sobre:ChuvasCicloneClima

Mais de Brasil

Onda de calor termina, mas altas temperaturas seguem no RJ; entenda

Cratera se abre em condomínio próximo à obra da Linha 6 do metrô em SP

Chuvas em Santa Catarina: oito municípios decretam situação de emergência após temporais

RS: eleitor tem até quinta-feira para regularizar ou transferir título

Mais na Exame