Brasil

Bolsonaro inelegível: ex-presidente ainda responde a outros 15 processos eleitorais; saiba quais

Dois casos são apontados por especialistas eleitorais como mais graves

Bolsonaro: Outras ações que tramitam são consideradas de menor potencial de forma isolada (Leandro Fonseca/Exame)

Bolsonaro: Outras ações que tramitam são consideradas de menor potencial de forma isolada (Leandro Fonseca/Exame)

Publicado em 30 de junho de 2023 às 13h23.

Além da ação que, neste momento, já tem a maioria formada por sua condenação, julgada nesta sexta-feira, no TSE, Jair Bolsonaro (PL) é alvo de outros 15 processos que ainda tramitam na Corte. Todos poderiam, a exemplo da ação atual, levá-lo a ficar impedido de se candidatar nos próximos pleitos. O caso julgado nesta sexta — sobre uma reunião com embaixadores no Palácio da Alvorada, em julho de 2022, quando o então presidente lançou questionamentos ao processo eleitoral sem apresentar provas — era o mais avançado.

Segundo advogados eleitorais, dois dos processos restantes são mais graves: o que analisa o uso de programas sociais, como o Auxílio Brasil, em favor de Bolsonaro, e o que investiga uma suposta rede de desinformação. Ambas as ações apuram fatos que podem ter desequilibrado a disputa de 2022 em favor do ex-chefe do Executivo.

Outras ações que tramitam são consideradas de menor potencial de forma isolada, mas podem ajudar a compor um cenário de abuso caso sejam analisadas em conjunto. É o caso, por exemplo, de processos sobre um possível uso político do Sete de Setembro.

Acompanhe tudo sobre:Jair BolsonaroTSE

Mais de Brasil

Pessoa afetadas pelas chuvas no RS podem pedir suspensão de dívidas por 6 meses

Fiocruz envia testes de diagnóstico de leptospirose para o Rio Grande do Sul

Programa de habitação da cidade de SP tem licitação anulada e deve atrasar entregas de Nunes

Em meio à crise no RS, governo vai lançar novo sistema de alerta de desastres climáticos

Mais na Exame