Acompanhe:

Bolsonaro é líder em número de interações no Facebook

Entre os cotados para concorrer em 2018, o deputado tem a página que gera mais compartilhamentos, comentários e reações no Facebook

Modo escuro

Continua após a publicidade
Bolsonaro: página oficial do deputado registrou 93,4 milhões de interações com usuários desde janeiro de 2014 (Zeca Ribeiro/Agência Câmara)

Bolsonaro: página oficial do deputado registrou 93,4 milhões de interações com usuários desde janeiro de 2014 (Zeca Ribeiro/Agência Câmara)

José Roberto de Toledo e Daniel Bramatti, de Estadão Conteúdo

Publicado em 21 de agosto de 2017 às, 09h13.

São Paulo - Jair Bolsonaro (PSC-RJ) lidera a corrida presidencial em interações no Facebook. De nove nomes cotados para concorrer em 2018, o deputado e militar aposentado tem a página que gera mais compartilhamentos, comentários e reações na segunda mídia social mais popular entre os brasileiros (a primeira é o WhatsApp). Segundo o Ibope Inteligência, 86% têm o aplicativo do Facebook no celular.

Analisando-se os dados da ferramenta Crowdtangle, do próprio Facebook, a página oficial de Bolsonaro registrou 93,4 milhões de interações com usuários desde janeiro de 2014 - ano a partir do qual as páginas de políticos se popularizaram. Em segundo lugar aparece a de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), com 66,4 milhões de interações. Ronaldo Caiado (DEM-GO) fica em terceiro, com 62,4 milhões.

Levando-se em conta os dados acumulados desde maio, o ranking tem uma mudança importante. Bolsonaro permanece como líder, com 13,3 milhões de interações, mas João Doria (PSDB) aparece em segundo lugar, com 12 milhões, bem à frente de Lula, em terceiro, com 6,4 milhões. A página do prefeito paulistano só passou a ser relevante a partir de janeiro deste ano. Já o pico de Lula foi em setembro de 2014, na campanha de Dilma Rousseff.

Regularidade

Desde 2014, Bolsonaro liderou o ranking mensal de interações em 18 meses, e nos demais manteve-se em segundo ou terceiro lugar. Há dois motivos para isso. A página do deputado tem mais seguidores do que as de todos os seus rivais desde março de 2016. Atualmente são 4,5 milhões, contra 3 milhões da de Lula (em segundo lugar).

A popularização da página de Bolsonaro é mais constante e orgânica do que a da maioria dos rivais, que registram crescimentos abruptos de um mês para o outro e pouco crescem depois - indício de que foram "bombadas" profissionalmente.

O segundo motivo por trás do sucesso de Bolsonaro no Facebook é o uso intensivo de vídeos. Nenhum outro presidenciável publicou mais vídeos do que ele. Foram 1,2 mil em três anos e meio, que foram assistidos 740 milhões de vezes. É metade de todas as visualizações obtidas pelos 827 vídeos que Donald Trump publicou no mesmo período. Mas o presidente dos Estados Unidos têm cinco vezes mais seguidores do que Bolsonaro no Facebook.

Além disso, a página de Bolsonaro é tricampeã em interações no acumulado desde janeiro de 2014. Ela provocou mais reações (64 milhões), originou mais comentários (5,7 milhões) e foi mais compartilhada (24 milhões de vezes) do que as de todos os demais presidenciáveis.

Reações

Parte das reações e dos comentários é negativa, de pessoas que jamais votariam em Bolsonaro. Mesmo assim, esses números indicam que o deputado tem uma base militante das mais digitalmente aguerridas. Se ele conseguirá transformar essa liderança virtual em votos na urna só se saberá em outubro de 2018, mas muitos dos seus rivais pagariam para ter o que ele já conseguiu realizar no Facebook.

Últimas Notícias

Ver mais
PF prende dono de sítio suspeito de ajudar fugitivos de presídio de Mossoró
Brasil

PF prende dono de sítio suspeito de ajudar fugitivos de presídio de Mossoró

Há 12 horas

Em primeiro voto no STF, Dino é a favor de vínculo empregatício entre Uber e motoristas
Brasil

Em primeiro voto no STF, Dino é a favor de vínculo empregatício entre Uber e motoristas

Há 12 horas

Mendonça autoriza empresas a renegociarem acordos de leniência fechados na Lava-Jato
Brasil

Mendonça autoriza empresas a renegociarem acordos de leniência fechados na Lava-Jato

Há 14 horas

Projeto de lei quer proibir que motorista de aplicativo cobre passageiro pelo uso do ar-condicionado
Brasil

Projeto de lei quer proibir que motorista de aplicativo cobre passageiro pelo uso do ar-condicionado

Há 15 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais