Brasil

BB desembolsa mais de R$ 9,1 bi em consignado a aposentados e pensionistas do INSS até abril

Esse volume é 60% maior que o do mesmo intervalo do ano passado

Estadão Conteúdo
Estadão Conteúdo

Agência de notícias

Publicado em 23 de maio de 2024 às 13h31.

Última atualização em 23 de maio de 2024 às 13h55.

O Banco do Brasil (BB) desembolsou mais de R$ 9,1 bilhões em crédito consignado para aposentados e pensionistas do INSS entre janeiro e abril deste ano, um volume 60% maior que o do mesmo intervalo do ano passado. Também houve um crescimento de 140% na portabilidade de operações para o banco, para R$ 1,6 bilhão.

Ao longo dos últimos 12 meses, as taxas praticadas pelo BB nessa linha de crédito caíram 0,18 ponto percentual, e hoje começam em 1,48% ao mês.

Os bancos podem cobrar no máximo 1,68% mensal, de acordo com as normas do Conselho Nacional de Previdência Social (CNPS).

A taxa máxima praticada pelo banco a partir desta quinta-feira será de 1,67%.

O BB tem investido no crescimento da atuação na modalidade. Um dos líderes em consignado no país, o banco público tem maior presença nas linhas destinadas a servidores públicos, e tem feito um esforço para atingir iguais presenças tanto na linha do INSS quanto nas de consignado privado, que dependem de convênios entre o banco e as empresas.

"Esse desempenho de 2024 demonstra um aumento de 18% na quantidade de aposentados atendidos, em apenas 12 meses, e incremento de 60% no volume de crédito liberado, com redução das taxas praticadas nesse segmento", diz em nota a presidente do banco, Tarciana Medeiros.

O BB estima ter atendimento a 460 mil clientes no produto ao longo deste ano.

Acompanhe tudo sobre:BB – Banco do BrasilMinistério da Previdência Social

Mais de Brasil

Previsão do tempo para Brasília: fim de semana terá temperatura amena

STF decide por melhorar os ganhos do FGTS; veja como fica

Previsão do tempo para Vitória: fim de semana terá máxima de 30° C

Previsão do tempo para Florianópolis: fim de semana terá máxima de 28° C

Mais na Exame