Acompanhe:

O Ministério da Justiça e Segurança Pública fará uma licitação para disponibilizar até 10 mil câmeras para equipar os presídios federais. O material será dado para os estados que desejarem trocar as câmeras defeituosas por novas.

A medida vem na esteira da fuga inédita de dois detentos do presídio de segurança máxima de Mossoró (RN), no dia 14 de fevereiro. Esta foi a primeira fuga já registrada no sistema penitenciário federal brasileiro.

Reforço da segurança

A pasta já tinha determinado que os presídios federais adotassem medidas para reforçar a segurança nas unidades penitenciárias. Entre elas, estavam a substituição das câmeras inoperantes, além de reforço na estrutura de todas luminárias e revistas diárias em todas as celas.

Após a fuga, os investigadores perceberam que algumas câmeras não estavam funcionando e que algumas lâmpadas estavam apagadas. Apenas uma câmera, com imagem pouco nítida, registrou o momento da evasão. Como mostrou o colunista do GLOBO Lauro Jardim, relatórios de inteligência produzidos em 2021 mostraram que 124 câmeras de segurança do presídio não funcionavam na época.

Créditos

Últimas Notícias

Ver mais
Fugitivos de Mossoró voltam à prisão e ficarão em celas separadas
Brasil

Fugitivos de Mossoró voltam à prisão e ficarão em celas separadas

Há 3 horas

Fuga em Mossoró: diretor do presídio é demitido por Lewandowski
Brasil

Fuga em Mossoró: diretor do presídio é demitido por Lewandowski

Há 13 horas

Prisão de suspeitos e celulares grampeados: como a PF seguiu os passos dos fugitivos de Mossoró
Brasil

Prisão de suspeitos e celulares grampeados: como a PF seguiu os passos dos fugitivos de Mossoró

Há 15 horas

Reféns, cavernas e ajuda de facção: relembre como foram os 50 dias de fuga em Mossoró
Brasil

Reféns, cavernas e ajuda de facção: relembre como foram os 50 dias de fuga em Mossoró

Há 15 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais