André Mendonça preside Segunda Turma do Supremo pela primeira vez

Colegiado é responsável pelo julgamento de habeas corpus e inquéritos
Além de Mendonça, fazem parte da turma os ministros Gilmar Mendes, Edson Fachin, Nunes Marques e Ricardo Lewandowski (Divulgação/Agência Câmara)
Além de Mendonça, fazem parte da turma os ministros Gilmar Mendes, Edson Fachin, Nunes Marques e Ricardo Lewandowski (Divulgação/Agência Câmara)
A
Agência Brasil

Publicado em 09/08/2022 às 15:30.

Última atualização em 09/08/2022 às 15:57.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) André Mendonça presidiu hoje, 9, pela primeira vez, a sessão da Segunda Turma da Corte.

Em junho, o ministro foi eleito de forma simbólica para o posto. Mendonça seria o próximo a ocupar a presidência, por ser o membro mais novo do colegiado que ainda não exerceu o comando da turma. A principal atribuição do presidente é decidir os processos que serão julgados.

A Segunda Turma é responsável pelo julgamento de habeas corpus e inquéritos, entre outros processos, como as investigações oriundas da Operação Lava-Jato.

No início da sessão, Mendonça recebeu os cumprimentos dos colegas e "registrou sua satisfação e agradecimento pela confiança" na direção dos trabalhos do colegiado.

Além de Mendonça, fazem parte da turma os ministros Gilmar Mendes, Edson Fachin, Nunes Marques e Ricardo Lewandowski.

André Mendonça tomou posse no Supremo em dezembro do ano passado. Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro, Mendonça ocupou cadeira deixada pelo ministro Marco Aurélio, que foi empossado em 1990 e aposentado compulsoriamente ao completar 75 anos.

Por André Richter

(Agência Brasil)

LEIA TAMBÉM:

Energisa abre vagas para programa de trainee; saiba como se inscrever

OMS denuncia ataques contra macacos no Brasil por medo da varíola dos macacos

Todas as principais criptomoedas valorizaram em julho: lucro chega a 140%