Brasil

Cidade de São Paulo está em alerta para alagamentos nesta segunda-feira

Situação foi causada pelas chuvas que começaram na madrugada; até o momento, há nove pontos intransitáveis na capital

Da Redação
Da Redação

Redação Exame

Publicado em 27 de maio de 2024 às 09h28.

Última atualização em 27 de maio de 2024 às 09h29.

A cidade de São Paulo está em estado de alerta para alagamentos. Ele foi emitido na manhã desta segunda-feira, 27, pelo Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas da prefeitura (CGE) às 7h52 para todas as regiões, devido às chuvas que começaram na madrugada. Até as 8h17, haviam 13 pontos de alagamentos, sendo 9 intransitáveis.

Impacto no trânsito

As chuvas causaram um trânsito acima da média para o horário. Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), às 8h, foram registrados mais de 800 km de lentidão, o dobro do contabilizado no mesmo período na segunda-feira passada.

Pontos de alamentos

Centro

Av. Rio Branco/Sentido Bairro-Centro/Próximo à Av. Duque de Caxias
Rua Dom Rodo/Ambos os sentidos/Próximo à Rua Gapore
Av. Mercúrio/Sentido único
Rua General Osório/Sentido bairro-centro/Próximo à Rua dos Gusmões
Av. Rio Branco/Bairro Centro/Próximo à General Osório
Rua dos Gusmões/Sentido bairro-centro/Próximo à Rua Vitória

Zona Leste

Itaquera

Avenida Musgo de Flor/Próximo à Rua Rainha da Noite
Avenida Musgo de Flor/Próximo à Rua Jatairana
Avenida Pires do Rio/Sentido centro-bairro/Próximo à Rua Mungabeira

Como fica o tempo

O frio continuará na capital paulista nos próximos dias. O sol deve aparecer com mais força a partir de quarta-feira, 29, mas não o suficiente para elevar a temperatura.

Acompanhe tudo sobre:ClimaTrânsitoEstado de São Paulo

Mais de Brasil

Até quando vai o calor no Rio? Veja a previsão do clima para os próximos dias

PF conclui que Nikolas cometeu ‘crime de menor potencial ofensivo’ contra Lula

Os problemas mais graves para os paulistanos? Segurança e serviços de saúde precários, aponta Gerp

Boulos lidera entre jovens e idosos e Nunes vai melhor entre adultos, aponta Gerp

Mais na Exame