Brasil

Ação da PF combate fraude na importação de eletrônicos

Entre as mercadorias estão peças de aeronaves, smartphones e notebooks de última geração

Polícia Federal combate fraude na importação de produtos eletroeletrônicos (Polícia Federal/Divulgação)

Polícia Federal combate fraude na importação de produtos eletroeletrônicos (Polícia Federal/Divulgação)

DR

Da Redação

Publicado em 10 de outubro de 2010 às 03h47.

São Paulo - A Polícia Federal (PF), juntamente com a Receita Federal e o Ministério Público Federal (MPF), deu início hoje a uma operação de combate à fraude na importação de produtos eletroeletrônicos e de informática de última geração. Entre as mercadorias estão peças de aeronaves, smartphones e notebooks.

Estão sendo cumpridos 29 mandados de busca e apreensão em 26 endereços, nas cidades de Salvador (BA), São Paulo e Vitória (ES), com a participação de 56 servidores da Receita e 122 da Polícia Federal. O esquema consistia basicamente no descaminho de mercadorias por parte de brasileiros proprietários de empresas estabelecidas em Miami, nos Estados Unidos, que transacionavam com empresas e pessoas físicas no Brasil.

O grupo praticava também subfaturamento nas transações, com a emissão de "notas frias", e utilizava empresas fantasmas. Segundo a Receita, o dano ao Estado não está restrito ao campo tributário. "Além das perdas aos cofres públicos, tem-se um incentivo à prática da concorrência desleal, visto que essas empresas conseguem colocar seus produtos no mercado nacional a um preço mais competitivo, causando um incalculável prejuízo social", informou a Receita em nota.

Leia mais notícias relacionadas à Polícia Federal

Siga as últimas notícias de Economia no Twitter

Acompanhe tudo sobre:América LatinaComércio exteriorDados de BrasilImportaçõesJustiçaPolícia Federal

Mais de Brasil

Veranico: altas temperaturas e massa de ar seco devem permanecer até o inverno; veja onde fará 30ºC

Enem 2024: prazo de inscrição termina nesta sexta-feira, 14

Alagoas assina convênios para atrair R$ 155 milhões em investimentos em troca de incentivos fiscais

Lula critica falta de acordo entre Zelensky e Putin: 'Estão gostando da guerra'

Mais na Exame