Pesquisa mostra que 68% dos brasileiros associam o campo à geração de riqueza

Enquete foi realizada pela Fundação Dom Cabral e a Associação de Marketing Rural; alcance da publicidade sobre o agro também foi avaliado
Produtor rural: pesquisa avalia opinião dos brasileiros sobre o agro (Getty Images/Getty Images)
Produtor rural: pesquisa avalia opinião dos brasileiros sobre o agro (Getty Images/Getty Images)
Carla Aranha
Carla AranhaPublicado em 13/09/2022 às 16:37.

A Fundação Dom Cabral e o Movimento Todos a Uma Só Voz, idealizado pela Associação Brasileira de Marketing Rural (Abmra), realizaram em conjunto uma pesquisa para descobrir como o brasileiro pensa sobre o agronegócio. A enquete revelou que 68% das pessoas associam o campo à geração de riqueza e 65% dizem ter uma atitude positiva em relação à produção rural, enquanto 22% afirmam que boicotariam o setor. “A intenção era saber mais detalhadamente qual é a imagem que o brasileiro faz do agro e que tipo de conteúdo pode ser mais relevante para os moradores dos grandes centros”, diz Ricardo Nicodemos, presidente da Abmra.

A pesquisa foi realizada com 4.215 pessoas em todas as regiões do Brasil entre os dias 30 de junho e 27 de julho deste ano, por meio de uma plataforma digital.

Receba as notícias mais relevantes do Brasil e do mundo toda manhã no seu e-mail. Cadastre-se na newsletter gratuita EXAME Desperta.

Em relação aos segmentos do agro, 68% relacionam o setor aos produtores rurais e 61%, a cooperativas. Outros 60% citam a agroindústria.

Os entrevistadores também quiseram a saber a opinião dos entrevistados sobre o impacto ambiental provocado pelas atividades desenvolvidas no campo – 19% responderam que o setor é um dos principais responsáveis por danos ao meio ambiente. Quando se olha a faixa etária, a perspectiva é diferente: para 39% das pessoas de 30 a 59 anos, o agro é um dos vilões da questão ambiental. “Trata-se do recorte de idade em que a preocupação com sustentabilidade costuma ser maior”, diz Nicodemos.

A pesquisa levantou ainda a repercussão das propagandas sobre o agronegócio -- 64% dos respondentes disseram lembrar de ações de publicidade do segmento. O impacto das propagandas foi maior entre pessoas de mais de 60 anos (73%) e da classe B (75%), das famílias com rendimento entre dez e vinte salários mínimos. O levantamento também mostra que 73% das pessoas lembram ter visto propagandas do agro na TV aberta e 18% na TV por assinatura.

Em relação à produção de alimentos, 57% dos entrevistados dizem relacionar o setor a “produtos naturais” e 44% fazem associações com “produtos frescos”. Outros 42% acreditam que o agronegócio promove a alimentação saudável.

A pesquisa completa deverá ser divulgada nesta quarta, dia 14, durante o 14º Congresso de Marketing do Agro, realizado em São Paulo.

Notícias exclusivas de agro e o que movimenta o mercado

Você já conhece a newsletter semanal EXAME Agro? Você assina e recebe na sua caixa de e-mail as principais notícias sobre o agronegócio, assim como reportagens especiais sobre os desafios do setor e histórias dos empreendedores que fazem a diferença no campo.

Toda sexta-feira, você também tem acesso a notícias exclusivas, o que move o mercado e artigos deespecialistas.

Série de vídeo EXAME Agro

Assista também à série de vídeo EXAME Agro, sobre os grandes empresários do agro, novas práticas de sustentabilidade, inovação e avanços tecnológicos no campo, gravadas no Brasil e no exterior. Quinzenalmente, um novo vídeo é publicado no canal da EXAME no YouTube.

 

Veja também: