Acompanhe:

CNA se diz "pronta para diálogo e cooperação" com governo de Lula

A entidade reiterou o apoio à democracia, o que considera como um dos fatores essenciais para o desenvolvimento da produção rural

Modo escuro

Continua após a publicidade
RIO DE JANEIRO, BRAZIL - SEPTEMBER 30: Former president of Brazil and Candidate of Worker’s Party (PT) Luiz Inácio Lula Da Silva stretches his neck during a press conference at Pestana Hotel two days before presidential elections on September 30, 2022 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by Buda Mendes/Getty Images) (Buda Mendes/Getty Images)

RIO DE JANEIRO, BRAZIL - SEPTEMBER 30: Former president of Brazil and Candidate of Worker’s Party (PT) Luiz Inácio Lula Da Silva stretches his neck during a press conference at Pestana Hotel two days before presidential elections on September 30, 2022 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by Buda Mendes/Getty Images) (Buda Mendes/Getty Images)

E
Estadão Conteúdo

Publicado em 1 de novembro de 2022 às, 16h49.

Última atualização em 1 de novembro de 2022 às, 16h54.

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) reconheceu, em nota, a eleição de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) para a Presidência da República do País a partir de 2023.

A entidade reiterou o apoio à democracia, o que considera como um dos fatores essenciais para o desenvolvimento da produção rural.

"Fiel a esta crença, recebe com naturalidade o resultado das eleições presidenciais e está pronta para o diálogo e a cooperação com o governo eleito, escolhido pela maioria do povo brasileiro", diz a nota, assinada por João Martins da Silva Junior, presidente da confederação.

A CNA destacou a importância de o governo federal proporcionar segurança jurídica para o produtor rural ao defendê-lo de invasões de terra, taxação confiscatória ou desestabilizadora, bem como excessos de regulação.

A entidade diz esperar que o presidente eleito Lula faça uma gestão pública com equilíbrio fiscal e que ajude a ampliar os destinos das exportações da produção do agronegócio.

LEIA TAMBÉM:

Presidente do Egito convida Lula para a COP27

FenaPRF: 'Silêncio de Bolsonaro estimula seguidores a bloquearem estradas'

Últimas Notícias

Ver mais
Governo contesta no STF leis que facilitam porte de arma no Rio Grande do Sul e no Paraná
Brasil

Governo contesta no STF leis que facilitam porte de arma no Rio Grande do Sul e no Paraná

Há 12 horas

Milei envia ministra ao Brasil para 1ª agenda de trabalho com governo Lula
Mundo

Milei envia ministra ao Brasil para 1ª agenda de trabalho com governo Lula

Há 13 horas

Lula veta trecho sobre visita a parentes na lei que restringe 'saidinha' de presos
Brasil

Lula veta trecho sobre visita a parentes na lei que restringe 'saidinha' de presos

Há 14 horas

STF forma maioria para manter PIS/Cofins sobre locação de bens móveis e imóveis
Brasil

STF forma maioria para manter PIS/Cofins sobre locação de bens móveis e imóveis

Há 16 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais