Tecnologia

Wikipedia proíbe uso do jornal britânico Daily Mail como fonte

A decisão incomum se refere às edições em papel e online do jornal, o 2º mais vendido no Reino Unido e cujo site é um dos mais visitados do mundo

Wikipedia: "Os colaboradores da versão em inglês da Wikipedia decidiram por consenso que o Daily Mail é pouco confiável" (Lionel Bonaventure/AFP)

Wikipedia: "Os colaboradores da versão em inglês da Wikipedia decidiram por consenso que o Daily Mail é pouco confiável" (Lionel Bonaventure/AFP)

A

AFP

Publicado em 9 de fevereiro de 2017 às 17h55.

Os colaboradores de língua inglesa da enciclopédia online Wikipedia decidiram na quarta-feira banir o uso dos artigos do jornal britânico Daily Mail como fonte, salvo exceções, por considerar o tabloide "pouco confiável".

A decisão incomum se refere às edições em papel e online do jornal, o segundo mais vendido no Reino Unido e cujo site é um dos mais visitados do mundo, com 24,5 milhões de visitas por mês.

"Os colaboradores da versão em inglês da Wikipedia decidiram por consenso que o Daily Mail é pouco confiável, e por isso sua utilização como fonte deve ser proibida em geral", explica a Wikimedia - a fundação responsável pela Wikipedia - em um comunicado publicado em outro jornal britânico, The Guardian.

Editores citaram a "reputação do jornal de verificação insuficiente de fatos, sensacionalismo e produção acelerada", segundo uma declaração publicada no site da Wikipedia.

Acompanhe tudo sobre:JornaisReino UnidoWikipedia

Mais de Tecnologia

Agora todos poderão ver o que você comenta em um story do Instagram; saiba como

Boeing Starliner tem retorno à Terra adiado pela segunda vez

Internet em qualquer lugar? Starlink, de Elon Musk, lança antena do tamanho de um laptop

Você sabe o que é telemática? Tecnologia reduziu em 40% as taxas de colisões em estradas, diz estudo

Mais na Exame