Acompanhe:

Sites não conseguem acompanhar queda do Dow Jones

Diante da intensa procura por informações, sites de finanças saíram do ar, enquanto redes como o Twitter traziam dados defasados

Modo escuro

Continua após a publicidade
EXAME.com (EXAME.com)

EXAME.com (EXAME.com)

C
Célio Yano

Publicado em 10 de maio de 2010 às, 10h49.

São Paulo - O intenso tráfego de internautas atrás de informações sobre a queda do índice Dow Jones da bolsa de Nova York provocou congestionamento de servidores e gerou confusão na internet por conta de informações incoerentes nesta tarde. Sites como o Google Finance e o Yahoo! Finance saíram do ar, enquanto no Twitter os usuários misturavam informações erradas sobre a situação de momento da bolsa. Diante da volatilidade há muito tempo não observada nos índices, sites de notícias divulgavam informações com atrasos que podiam confundir investidores.

De acordo com o site TechCrunch, durante várias horas o Google Finance, que monitora os principais índices negociados mundialmente trazia a mensagem "por favor tente novamente em 30 segundos" quando se tentava acessar o gráfico do índice Dow Jones. O Yahoo Finance, por sua vez, estava completamente inacessível.

Com o congestionamento de sites de finanças, usuários do Twitter se mostravam confusos. Quando o índice chegou aos quase mil pontos de queda, centenas de tweets inundavam as timelines falando que a queda era de 400 ou 600 pontos. Quando os internautas falavam dos mil pontos de desvalorização, a bolsa já se recuperava parcialmente e registrava baixa muito menor. Como disse o TechCrunch, "o problema é que o 'tempo real' da web não foi suficientemente rápido para acompanhar a velocidade com que a bolsa caía".

E quem pensou em recorrer para os sites de notícias também pode ter se frustrado. Durante a tarde, o Bloomberg.com simplesmente não carregava. Já o site da rede CNN não trazia nenhuma informação sobre o péssimo dia da bolsa quando a queda atingia seu ápice. Quando o site divulgou a queda de 900 pontos do Dow Jones, o índice já se recuperava.
 

Últimas Notícias

Ver mais
Troca de comando e Projeto Cerrado em ação: a nova fase da Suzano pós-Schalka
Exame IN

Troca de comando e Projeto Cerrado em ação: a nova fase da Suzano pós-Schalka

Há 11 horas

Com 4º tri "de ouro", lucro da C&A dobra e bate (com folga) previsão do mercado 
Exame IN

Com 4º tri "de ouro", lucro da C&A dobra e bate (com folga) previsão do mercado 

Há 13 horas

Ambev (ABEV3) vai manter melhora sequencial no 4T23, mas lucro líquido deve cair; veja projeções
seloMercados

Ambev (ABEV3) vai manter melhora sequencial no 4T23, mas lucro líquido deve cair; veja projeções

Há 15 horas

Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3) caem e derrubam bolsa; índice voltou para os 130 mil pontos
seloMercados

Petrobras (PETR4) e Vale (VALE3) caem e derrubam bolsa; índice voltou para os 130 mil pontos

Há 21 horas

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais