Sandálias usadas por Steve Jobs são leiloadas por mais de R$ 1 milhão

O vencedor também levou um NFT da peça
O leilão do par de couro, da marca alemã Birkenstock, ocorreu no domingo, 13, realizado pela Julien’s Auctions, em Nova York (Kimberly White/Getty Images)
O leilão do par de couro, da marca alemã Birkenstock, ocorreu no domingo, 13, realizado pela Julien’s Auctions, em Nova York (Kimberly White/Getty Images)
E
Estadão ConteúdoPublicado em 16/11/2022 às 20:25.

Um comprador não identificado arrematou por R$ 1,1 milhão um par de sandálias usadas por Steve Jobs, o criador da Apple, durante os primeiros anos da empresa. Jobs usou tanto os chinelos durante as décadas de 1970 e 1980 que a palmilha tem a marca dos pés do inventor, morto em 2011. O vencedor também levou um NFT da peça.

O leilão do par de couro, da marca alemã Birkenstock, ocorreu no domingo, 13, realizado pela Julien’s Auctions, em Nova York. O valor pago em dólar foi de US$ 218.750 , superior à expectativa dos organizadores, que esperavam vendê-las por até US$ 80.000 (cerca de R$ 430 mil).

Quer ficar por dentro das maiores novidades da tecnologia? Assine a EXAME por menos de R$ 0,37/dia.

O primeiro dono das sandálias foi Mark Sheff, secretário da casa do criador da Apple. À revisa Vogue, ele disse que Jobs criava os próprios calçados. As peças do empresário já foram expostas nos Estados Unidos e na Europa. Chrisann Brennan, ex-mulher de Jobs, disse, durante uma das exposições dos chinelos, que os itens faziam parte do lado simples do americano.

Em entrevista à NPR, o diretor-executivo da casa de leilões, Martin Nolan, afirmou que esse foi o maior preço já pago por um calçado e é um recorde da casa. Outros itens de Jobs têm sido leiloados nos últimos anos. O Apple-1, por exemplo, foi arrematado neste ano por US$ 677.196, próximo de R$ 3,6 milhões.

Outros calçados de famosos já foram comprados por maior quantia. Há um ano, um tênis da Nike usado por Kanye West no Grammy de 2008 foi vendido por US$ 1,8 milhão (quase R$ 10 milhões) , enquanto um par da mesma marca , mas usado por Michael Jordan em 1984, foi vendido por US$ 1,47 milhão (quase R$8 milhões).

LEIA TAMBÉM: