Acompanhe:

Rede social promete conectar mulheres a homens ricos

'Meu Patrocínio' já conta com mais de 12 mil membros desde que foi inaugurado no Brasil

Modo escuro

Continua após a publicidade

	"Meu Patrocínio.com": a assinatura no site consiste em dois tipos de usuários, o "Sugar Daddy" e a "Sugar Baby"
 (Reprodução/meupatrocínio.com)

"Meu Patrocínio.com": a assinatura no site consiste em dois tipos de usuários, o "Sugar Daddy" e a "Sugar Baby" (Reprodução/meupatrocínio.com)

D
Da Redação

Publicado em 7 de janeiro de 2016 às, 16h26.

São Paulo - Meu Patrocínio.com é a nova rede social de relacionamento que vem gerando discussões na internet.

O motivo da repercussão é porque, diferente de outros como Par Perfeito e Match.com, o site lançado há dois meses no Brasil tem um objetivo bem específico: conectar "homens de sucesso em busca de uma parceira a mulheres ambiciosas em busca de sucesso", como a própria rede define.

A proposta, comum em alguns países, parece inusitada para o público brasileiro, que ainda trata o assunto como grande tabu. Por outro lado, o site faz questão garantir que a prostituição é estritamente proibida e que não tolera qualquer tipo de infração de seus termos de uso.

De acordo com a CEO e fundadora, Jennifer Lobo, sua inspiração em criar o site veio da falta de transparência que ela enxergava nos namoros convencionais nos namoros convencionais.

"Meu Patrocínio une verdadeiros cavalheiros com mulheres atraentes e ambiciosas", diz Lobo.

"Simplesmente facilitamos relacionamentos de benefício mútuo, não transações. Nosso objetivo é dar a todos os membros a habilidade de se apaixonarem e ao mesmo tempo alcançarem suas metas."

A assinatura no Meu Patrocínio consiste em dois tipos de usuários: O "Sugar Daddy" e a "Sugar Baby".

O Sugar Daddy é definido como "um homem bem-sucedido, normalmente entre 30 e 60 anos de idade, que busca mulheres atraentes, focadas nos seus objetivos".

A Sugar Baby, por outro lado, consiste em "uma jovem estudante ou jovem profissional, procurando um verdadeiro cavalheiro, com valores tradicionais, neste mundo moderno."

O site já conta com mais de 12.000 membros desde que inaugurou em novembro e tem 4 vezes mais mulheres do que homens.

Últimas Notícias

Ver mais
Argentina autoriza entrada da Starlink, a internet via satélite de Elon Musk
Tecnologia

Argentina autoriza entrada da Starlink, a internet via satélite de Elon Musk

Há 12 horas

Confira 5 estratégias para atrair e reter talentos femininos nas empresas
Um conteúdo Bússola

Confira 5 estratégias para atrair e reter talentos femininos nas empresas

Há um dia

Sintomas da menopausa afetam trabalho das mulheres e apoio na empresa é fundamental, diz Korn Ferry
ESG

Sintomas da menopausa afetam trabalho das mulheres e apoio na empresa é fundamental, diz Korn Ferry

Há um dia

O futuro exponencial começa com elas: por que as mulheres devem liderar
Um conteúdo Esfera

O futuro exponencial começa com elas: por que as mulheres devem liderar

Há um dia

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais