Tecnologia

Pac-Man do Google causou desperdício de 4,8 mi de horas

Cálculo foi feito por empresa norte-americana RescueTime

Jogo foi colocado na página inicial do Google em comemoração aos 30 anos do Pac-Man (.)

Jogo foi colocado na página inicial do Google em comemoração aos 30 anos do Pac-Man (.)

DR

Da Redação

Publicado em 25 de maio de 2010 às 16h14.

São Paulo - Se você perdeu tempo jogando Pac-Man na página inicial do Google na última sexta-feira (21), você não está sozinho. De acordo com estudo da RescueTime, a substituição da logo do buscador pelo game, por conta da comemoração aos 30 anos do Pac-Man, custou nada menos que 4,8 milhões de horas que foram gastas com a brincadeira ao invés de serem investidas em alguma atividade produtiva.

Segundo a empresa, que se baseou em dados de 11 mil usuários, em média os internautas passaram 36 segundos a mais na página inicial do Google na última sexta-feira, em comparação com dias comuns. E isso porque, segundo Tony Wright, representante da RecueTime, 75% das pessoas que viram o cenário do Pac-Man no lugar da logo não perceberam que o doodle era jogável. A empresa tomou uma base de aproximadamente 504,7 milhões de visitantes únicos em um dia do buscador.

Conforme os cálculos da empresa, divulgados por Wright no blog da companhia, foram gastas 4.819.352 horas no Pac-Man do Google (contra uma média diária de 33,6 mil horas). Os dados utilizados por Wright não representam a economia da maior parte dos países do mundo, mas, considerando o cálculo dele de que cada usuário do Google "custa" US$ 25 por hora gasta, significa dizer que US$ 120.483.800 foram "desperdiçados" com o joguinho.

A empresa ainda acrescenta que com esse valor seria possível pagar o salário de todos os 19.835 funcionários do Google, desde os faxineiros até os presidentes, por seis semanas.

Embora o título do post de Wright seja "O trágico custo do Google Pac-Man", o autor fez uma atualização ao fim do texto para explicar que "nós não achamos que isso seja realmente trágico". "Lazer é fundamental para a produtividade. Há estudos por aí que sustentam isso. Apenas achamos que era uma interessante brincadeira numérica".

O jogo do Pac-Man do Google foi feito para comemorar o aniversário de 30 anos do game e esteve na página inicial do buscador por 48 horas, entre sexta-feira e sábado (22). Devido ao sucesso da ação, o Google decidiu manter o jogo por tempo indeterminado, no link www.google.com/pacman.
 

Acompanhe tudo sobre:EmpresasEmpresas americanasEmpresas de internetempresas-de-tecnologiaGamesgestao-de-negociosGoogleInternetprodutividade-no-trabalhoTecnologia da informação

Mais de Tecnologia

Vício em TikTok? O que é 'brainrot' e por que o termo está tão em alta

Mais 168 cidades podem ter internet 5G a partir de sexta-feira; veja a lista

Carros autônomos: os robotáxis começam a virar realidade para a Waymo, do Google

Empresa chinesa avança em tecnologia quântica com novo termômetro de óxido de rutênio

Mais na Exame