Acompanhe:

Júri decide a favor da Apple em caso sobre música digital

A empresa foi beneficiada por juri que decidiu que a Apple não agiu de forma indevida quando restringiu compras de música para usuários do iPod ao iTunes

Modo escuro

Continua após a publicidade

	 iPod: a Apple aplaudiu o veredicto
 (Getty Images)

iPod: a Apple aplaudiu o veredicto (Getty Images)

D
Dan Levine

Publicado em 16 de dezembro de 2014 às, 19h26.

Oakland - A Apple foi beneficiada em um julgamento antitruste nesta terça-feira, quando um júri norte-americano decidiu que a companhia não agiu de forma imprópria quando restringiu as compras de música para usuários do iPod ao iTunes, loja digital da companhia.

O veredicto foi lido em Oakland, em uma corte federal da Califórnia. Os demandantes, um grupo de indivíduos e empresas que compraram iPods de 2006 a 2009, buscavam indenizações de cerca de 350 milhões de dólares da Apple, alegando que a companhia bloqueou injustamente fabricantes de aparelhos concorrentes.

Patrick Coughlin, advogado dos demandantes, disse que o júri tomou a decisão de acordo com suas conclusões. Em comunicado, a Apple aplaudiu o veredicto. "Toda vez que atualizamos esses produtos -- e cada produto da Apple ao longo dos anos -- o fazemos para tornar a experiência ainda melhor", disse a companhia.

O júri deliberou apenas por algumas horas sobre a questão se a atualização beneficiou consumidores. Sob a lei norte-americana, uma companhia não pode ser considerada anticompetitiva se a alteração de um produto for um benefício para consumidores.

A Apple enfrentou a concorrência no mercado de música online da Real Networks, que desenvolveu o RealPlayer, seu próprio administrador digital de música, disseram os demandantes. O programa incluía software que permitia que as músicas compradas nesse serviço pudessem ser tocadas nos iPods assim como em outros aparelhos concorrentes.

A Apple eventualmente introduziu uma atualização de software que restringiu o iPod às músicas compradas no iTunes. Os demandantes afirmam que isso desencorajou os donos de iPods de comprar aparelhos concorrentes.

A Apple argumentou que a atualização de software pretendia melhorar a experiência do consumidor e que criava ferramentas desejáveis, incluindo filmes e auto-sincronização.

Últimas Notícias

Ver mais
Após 7 meses de afastamento, Steven Tyler retorna ao Aerosmith e anuncia turnê de despedida
Pop

Após 7 meses de afastamento, Steven Tyler retorna ao Aerosmith e anuncia turnê de despedida

Há um dia

Apple quer reformular Macbooks com chips projetados para inteligência artificial
Inteligência Artificial

Apple quer reformular Macbooks com chips projetados para inteligência artificial

Há um dia

Após forte disputa entre fãs, turnê Caetano e Bethânia terá shows extras; veja datas e onde comprar
Pop

Após forte disputa entre fãs, turnê Caetano e Bethânia terá shows extras; veja datas e onde comprar

Há um dia

Apple alerta usuários de 92 países sobre ataque hacker ultrasofisticado
Tecnologia

Apple alerta usuários de 92 países sobre ataque hacker ultrasofisticado

Há 2 dias

Continua após a publicidade
icon

Branded contents

Ver mais

Conteúdos de marca produzidos pelo time de EXAME Solutions

Exame.com

Acompanhe as últimas notícias e atualizações, aqui na Exame.

Leia mais