Halving do bitcoin: 10 coisas que você precisa saber

Processo de halving da criptomoeda vai afetar a mineração e pode fazer com que o preço oscile ainda mais nos próximos meses

O halving do bitcoin consiste na diminuição pela metade de novas unidades da moeda virtual que são criadas a partir do processo de mineração. Nesta segunda-feira, 11, o processo ocorre pela terceira vez em sua história. Abaixo, a EXAME explica o que você precisa saber sobre o mecanismo que auxilia no controle da criptomoeda.

O que é o halving do bitcoin?

O halving é um mecanismo presente no algoritmo do bitcoin que divide pela metade o ritmo de criação de novas moedas virtuais e, com isso, o valor das recompensas aos mineradores que mantém a rede blockchain em funcionamento.

Quando vai acontecer?

O evento ocorre de quatro em quatro anos e foi realizado nesta segunda-feira, 11.

É inédito?

Não. Este é o terceiro halving do bitcoin. O primeiro ocorreu em 2012 e diminuiu de 7.200 para 3.600 o número de bitcoins criados por dia. Em 2016 houve mais um halving, que resultou em 1.800 bitcoins por dia. A partir desta segunda-feira serão criadas somente 900 novos bitcoins por dia.

Como isso foi decidido?

Diferentemente do fork, o halving não é algo que é decidido pela comunidade que faz parte do blockchain. É um processo automático por conta do algoritmo do bitcoin.

Qual será o próximo?

A expectativa é que o processo continue ocorrendo a cada quatro anos, o que faria com que o valor das criptomoedas se dividisse pela metade até que sejam criadas 21 milhões de unidades do bitcoin, o que está previsto para acontecer no ano de 2140.

O preço do bitcoin vai subir?

Por se tratar de um ativo extremamente volátil, é impossível fazer qualquer previsão sobre o valor do preço do bitcoin e de outras criptomoedas. Especialistas procurados pela EXAME afirmam que pode haver uma valorização inicial, mas que pode as vendas realizadas em seguida podem fazer o valor da moeda virtual cair até 30%.

Tenho bitcoins comprados, vou perdê-los?

Não. Ele não extingue ou reduz a quantidade de moedas virtuais que um usuário possui.

Vai ser gerada outra criptomoeda?

Não. O mecanismo consiste somente no corte da produção de novos bitcoins. O processo que cria uma moeda a partir de outra já existente chama-se fork. Isso aconteceu com a criação do bitcoin cash, em agosto de 2017.

O que é mineração?

Mineração é o processo em que usuários dedicam o poder computacional de seus computadores para manter ativa a rede blockchain, que realiza todas as transações entre os usuários do bitcoin. Em troca disso, eles são remunerados com frações de moedas virtuais criadas por dia.

Vale a pena minerar bitcoin?

Isso depende muito de onde você está localizado e do tamanho de sua estrutura para realizar a mineração. No Brasil, o custo da energia elétrica não compensa o processo — e será ainda pior depois de hoje. Por exemplo, no Paraguai, que concentra algumas fazendas de mineração, o valor de um megawatt-hora de energia elétrica para indústrias é de 51 dólares ante 125 dólares cobrados no Brasil, segundo dados de março do ano passado.

Obrigado por ler a EXAME! Que tal se tornar assinante?


Tenha acesso ilimitado ao melhor conteúdo de seu dia. Em poucos minutos, você cria sua conta e continua lendo esta matéria. Vamos lá?


Falta pouco para você liberar seu acesso.

exame digital

R$ 15,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser.

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.
Assine

exame digital + impressa

R$ 44,90/mês

  • Acesse onde e quando quiser

  • Acesso ilimitado a conteúdos exclusivos sobre macroeconomia, mercados, carreira, empreendedorismo, tecnologia e finanças.

  • Edição impressa quinzenal.

  • Frete grátis
Assine

Já é assinante? Entre aqui.

Atenção! A sua revista EXAME deixa de ser quinzenal a partir da próxima edição. Produziremos uma tiragem mensal. Clique aqui para saber mais detalhes.